11/08/2021 às 08h40min - Atualizada em 11/08/2021 às 08h40min

Dupla da bocha paralímpica de Uberlândia chega ao Japão

Paratleta Mateus Carvalho e o assistente Oscar Carvalho, da equipe CDDU/Futel se integraram à seleção brasileira para os jogos que começam em 24 de agosto

DA REDAÇÃO
Paratleta Mateus Carvalho e o assistente Oscar Carvalho são da equipe CDDU/Futel | Divulgação
O paratleta Mateus Carvalho e o assistente esportivo (Calheiro) Oscar Carvalho, da equipe CDDU/Futel de bocha já estão já estão na cidade de Hamamatsu, no Japão, integrados à seleção brasileira de Bocha, para o período de aclimatação. A dupla estará competindo nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, que tem a abertura oficial marcada para 24 de agosto, às 8h (horário de Brasília), e o encerramento no dia 5 de setembro.

Estreante em paralimpíadas, Mateus Carvalho, de 28 anos, tem importantes conquistas em seu currículo como o bicampeonato brasileiro (2015 e 2018), a medalha de ouro na Copa América de pares e equipes (2015), a medalha de prata (individual) e a medalha de ouro (pares) no Campeonato Regional das Américas (2018), a medalha de ouro (pares) e a de bronze (individual) na Copa América (2019), além do ouro (pares) nos Jogos Parapan-Americanos de Lima (2019).

“A convocação com certeza foi uma conquista muito importante, que me trouxe uma felicidade imensa e é até difícil descrever em palavras toda essa emoção. Foi uma longa viagem de 44 horas, e agora, vamos descansar, nos adaptar ao fuso horário e fazer os últimos treinamentos. Vamos buscar o nosso melhor desempenho, com muita força e vontade, tendo como objetivo principal competir bem para conquistar uma medalha”, disse Mateus Carvalho.

DE UBERLÂNDIA A TÓQUIO
Das associações parceiras da Futel, os convocados para os Jogos Paralímpicos de Tóquio foram: Lara Lima (halterofilismo), Mateus Carvalho (bocha), Oscar Carvalho (assistente esportivo de bocha), Jovanna Costa (assistente esportiva de bocha), Weverton Santos (treinador da seleção brasileira de halterofilismo) e Vander Fagundes (fisioterapeuta), todos da equipe CDDU/Futel, e ainda Rodrigo Parreira (atletismo), da Aparu/Futel.

Do Praia Clube, os convocados foram o tenista Gustavo Carneiro, os nadadores Gabriel Bandeira, Gabriel Melone, João Pedro de Oliveira, Laila Suzigan, Ruan Felipe de Souza e Vanilton do Nascimento Filho e o treinador Alexandre Vieira. Também de Uberlândia, estão na delegação brasileira o chefe de missão, professor Alberto Martins da Costa, e o coordenador técnico de halterofilismo, Silvio Soares dos Santos.

A delegação brasileira tem 256 atletas (incluindo atletas sem deficiência como guias, calheiros, goleiros e timoneiro), sendo 160 homens e 96 mulheres, além de comissão técnica, médica e administrativa, totalizando 431 pessoas.

VEJA TAMBÉM:
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »