02/08/2021 às 12h00min - Atualizada em 02/08/2021 às 12h00min

Homem tentar matar a esposa e a sobrinha com facão no bairro Morada Nova

Suspeito invadiu a casa da sobrinha da vítima, onde havia ainda três crianças que presenciaram todas as agressões

DA REDAÇÃO

Um homem foi preso na noite do último sábado (31) depois de agredir a companheira e uma sobrinha dela com um facão no bairro Morada Nova, em Uberlândia. O suspeito invadiu a casa e só parou quando percebeu que as vítimas haviam chamado a Polícia Militar (PM). Na residência, além das duas, estavam três crianças.

De acordo com o registro da ocorrência, as agressões começaram quando a esposa do homem pediu para que ele parasse de beber. Nesse momento, o suspeito teria colocado uma faca no pescoço da mulher, mandando ela entrar em casa ameaçando matá-la. Com medo, a vítima entrou e conseguiu ligar para a sobrinha que mora na casa ao lado. 

Quando a sobrinha chegou, viu o marido da tia na varanda segurando um facão. As duas mulheres decidiram ir para a casa do lado, onde mora a sobrinha da vítima. Quando percebeu a movimentação, o homem ficou transtornado e continuou ameaçando a mulher de morte.

Antes de entrarem, o suspeito alcançou as vítimas no portão e acertou a sobrinha no peito e na mão direita. Ela conseguiu escapar, entrar na residência e trancar o portão. O homem conseguiu pular o muro e entrar no imóvel. Próximo a entrada da sala, ele alcançou as mulheres e atingiu a sobrinha da vítima novamente com o facão, dessa vez nas costas. Elas conseguiram correr e trancar a porta. 

As duas se trancaram em um quarto, onde conseguiram ligar para a Polícia Militar. O homem continuou a acertar o facão pelas janelas e portas da casa e só parou o ataque quando soube que elas haviam chamado a PM. Quando a polícia Militar chegou, o suspeito estava na varanda de sua casa, ainda com o facão em mãos. Os militares pediram que ele saísse, mas o suspeito correu para dentro do imóvel. Depois de algum tempo de negociação, o homem se entregou. 

De acordo com o registro da ocorrência, todas as agressões foram na frente dos filhos da sobrinha, três crianças de 5, 6 e 10 anos de idade. As duas mulheres, de 31 e 50 anos, foram encaminhadas para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Luizote. O suspeito, de 43 anos, foi levado direto para a delegacia de plantão da Polícia Civil e deve responder por tentativa de homicídio. As duas facas usadas pelo homem foram apreendidas.

VEJA TAMBÉM:

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »