26/07/2021 às 15h54min - Atualizada em 26/07/2021 às 15h54min

Uberlândia já tem mais de 50% da população vacinada com ao menos uma dose

Imunização contra o coronavírus resultou na queda da internação de idosos para 16% na cidade

DA REDAÇÃO
Vacinação continua ocorrendo na Arena Sabiazinho I Foto: Valter de Paula/Secom/PMU
A estrutura de vacinação da Prefeitura de Uberlândia contra a covid-19 alcançou mais de 350 mil pessoas vacinadas com a primeira dose ou com a dose única do imunizante, o que corresponde a 50,12% da população local estimada pelo IBGE em 2020. A imunização resultou na queda da internação de idosos para 16% na cidade.

Neste domingo (25), com o avanço da vacinação para o público geral a partir dos 36 anos de idade, além dos grupos prioritários, foram imunizadas 6.279 pessoas. O trabalho se concentrou na Arena Sabiazinho e pelo sistema drive-thru montado no estacionamento do Centro Administrativo Municipal.

O cronograma continua nesta segunda-feira (26) para o público geral a partir dos 36 anos, profissionais da educação infantil, fundamental, médio e superior; gestantes, puérperas e lactantes; pessoas com comorbidades e deficiência (com ou sem BPC); trabalhadores dos transportes coletivos urbanos e de longo curso e ferroviário; e faltosos que fizeram o recadastramento para vacina.

A Prefeitura de Uberlândia reforça que o cronograma está sujeito a alteração.  A confirmação do agendamento é feita por mensagem de texto no celular (SMS), via e-mail para quem optou por preencher o campo no momento do cadastro e também pode ser conferida no Portal da Prefeitura. Devem comparecer aos locais de vacinação somente as pessoas que receberam a confirmação do agendamento, respeitando o horário e local marcados para evitar a formação de filas.

O Município reitera que as pessoas que não compareceram à convocação devem realizar a revalidação do cadastro para serem chamadas novamente. Para solicitar o reagendamento, basta acessar o Portal da Prefeitura.  No entanto, a reconvocação acontecerá no prazo mínimo de 30 dias e quando houver disponibilidade de doses, sem prejuízo ao progresso da vacinação.


VEJA TAMBÉM:
Para driblar crise, empresas de turismo apostam em ecoturismo regional
Criminosos invadem obra e fazem casal refém por mais de sete horas no bairro Osvaldo Rezende


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »