30/04/2021 às 07h30min - Atualizada em 30/04/2021 às 07h30min

Arnaldo Silva toma posse como deputado estadual

Primeiro suplente da coligação PSDB/PPS/DEM/PP/PSD, ele ocupa vaga em função do falecimento de Luiz Humberto Carneiro

DA REDAÇÃO
Cerimônia de posse do deputado Arnaldo Silva I Foto: Guilherme Bergamini/ALMG
O advogado Arnaldo Silva (DEM) tomou posse como deputado estadual em solenidade do Salão Nobre da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Primeiro suplente da coligação Juntos para Reconstruir Minas (PSDB/PPS/DEM/PP/ PSD) e com base eleitoral em Uberlândia, Arnaldo Silva ocupa vaga aberta em função do falecimento, no último dia 17 de abril, do deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), que era de Uberlândia.

Após ser declarado empossado pelo presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus (PV), que conduziu a cerimônia 
nesta quarta-feira (28), Arnaldo Silva, que cumprirá o mandato até 31 de janeiro de 2023, enfatizou que estar na Assembleia é uma honra para quem tem uma trajetória pública.

“Mas jamais imaginei que retornaria nesse contexto tão delicado. A Assembleia, Minas Gerais, o Triângulo Mineiro e Uberlândia perderam Luiz Humberto Carneiro. Todos nós perdemos o grande conciliador que ele era”, afirmou.

Arnaldo Silva disse também que a decisão de assumir o mandato neste momento não foi fácil, uma vez que já estava envolvido com outros projetos. “A pandemia traz muitos desafios. E a vida pública cobra que a gente contribua com soluções”, disse durante entrevista à imprensa.

Na entrevista, ele afirmou que este momento exige iniciativas voltadas para o cuidado com a saúde pública e com os pequenos municípios mineiros que estão sendo fortemente impactados com a situação.

TRAJETÓRIA
Arnaldo Silva, de 48 anos, integrou a 18ª Legislatura, entre 2015 e 2019. Ele é mestre e doutor em Direito Público pela PUC-Minas. Também é pós-graduado em Direitos Fundamentais pela Universidade de Castilla-La Mancha (UCLM), em Toledo, na Espanha, e em Contratação Pública, pela Universidade de Coimbra, em Portugal.

O deputado é um dos fundadores do Instituto de Defesa da Cidadania (IDC), organização não-governamental que trabalha, há mais de 20 anos, com projetos para a mobilização social e construção colaborativa da história de Minas Gerais e do Brasil. Em 2020, ele também atuou como secretário Municipal de Gestão Estratégica em Uberlândia.



 
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »