16/04/2021 às 10h45min - Atualizada em 16/04/2021 às 10h45min

10 formas de economizar o combustível do carro

Para driblar os constantes reajustes nos combustíveis, boas atitudes podem trazer economias consideráveis

PUBLIEDITORIAL
Os constantes reajustes no preço dos combustíveis estão deixando muitos motoristas de cabelo em pé. Apesar de ser um assunto que foge do controle dos cidadãos, é possível economizar combustível seja em um carro novo ou com alguns anos de estrada. 

Compre um carro que consuma pouco 
Os carros novos têm inúmeras vantagens em relação aos usados. Além do conforto, segurança e design inovador, eles são bem mais econômicos, seja em deslocamentos nos centros urbanos ou nas rodovias. Portanto, a nossa primeira dica é analisar a relação km/litro do modelo escolhido antes de fechar uma compra, seja de um novo ou usado. 

Respeite a troca de marchas  
Quem não respeita a correta troca de marchas acaba interferindo negativamente na rotação do motor, aspecto que influencia em uma maior queima de combustível. Por isso, é importante sempre conduzir o seu carro sem forçar as marchas. 

Faça a manutenção sempre 
Motoristas que se preocupam em manter o carro em boas condições conseguem gastar menos dinheiro com combustíveis. Isso porque a checagem regular e respectivas trocas de filtros de ar, de óleo e de velas contribuem para um menor desgaste do motor, fazendo com que o carro consuma menos. Já quem não tem esse hábito, acaba sofrendo com o aumento do gasto, pois as peças chegam ao limite, fazendo com que o motor trabalhe com mais dificuldade. 

Tenha equilíbrio ao usar o ar-condicionado 
Quem usa muito o ar-condicionado inevitavelmente acaba gastando mais em combustível. A explicação é bastante simples: o equipamento é operado pelo motor, ou seja, carros com menor cilindrada consomem mais gasolina quando o ar está ligado. Assim, a dica é sempre manter o equilíbrio no uso do ar-condicionado, principalmente se o seu veículo for popular. 

Evite muito peso
Rodar com o carro sempre cheio é outro fator que influencia na queima de combustível. Isso porque o motor precisa trabalhar com mais força, impactando diretamente no maior consumo de etanol ou gasolina. Assim, caso seja possível, evite rodar levando malas, muitos passageiros ou objetos que sejam pesados.  

Faça sempre balanceamento e alinhamento   
Enquanto o alinhamento correto diminui o desgaste dos pneus, o balanceamento evita trepidações nos deslocamentos. São fatores fundamentais para economizar combustível, pois reduzem o atrito dos pneus no solo, trazendo mais desempenho para o carro. Portanto, dentro da sua rotina de manutenções, coloque sempre em seu check-list o balanceamento e o alinhamento.  

Evite acelerar e frear bruscamente   
Dirigir de forma agressiva não é apenas perigoso. Trata-se de uma prática que contribui com um maior gasto de combustível, pois movimentos bruscos (tanto no frear quanto no acelerar) fazem com que o motor tenha que trabalhar rapidamente. É um aspecto diretamente ligado ao desgaste da peça. Portanto, faça sempre trocas suaves de marchas e evite acelerar intensamente.   

Dirija com consciência 
Outra dica que faz diferença para economizar combustível é manter uma dirigibilidade prudente, evitando ultrapassagens perigosas ou manobras arriscadas. Além de garantir mais segurança, ao praticar a consciência no volante você estará exigindo menos de todos os componentes do seu possante. 

Abasteça com combustível de qualidade 
Certamente você já ouviu falar que o barato pode sair caro. E isso acontece quando se abastece em postos sem bandeira ou com gasolina de origem duvidosa. Portanto, prefira sempre combustíveis de qualidade e evite deixar entrar na reserva, pois esse é mais um fator que desgasta os componentes. 

Calibre sempre os pneus
Calibrar os pneus a cada 15 dias é outra atitude que ajuda a economizar combustível. Isso porque quando eles estão murchos acabam influenciando no aumento do atrito com o chão, aspecto que aumenta o gasto. 



*Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia.
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »