24/03/2021 às 19h22min - Atualizada em 24/03/2021 às 19h22min

Agronegócio deve superar a crise com produção recorde em 2021

A previsão do Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuária para este ano é de R$1,032 trilhão

CELSO MARTINS | ESPECIAL PARA O DIÁRIO
Foto: iStock/Mapa
Este ano está se mostrando favorável para o desenvolvimento do agronegócio. Embora boa parte dos segmentos econômicos estejam enfrentando dificuldades provocadas pela pandemia, a previsão do Valor Bruto da Produção (VBP) Agropecuária para este ano é de R$1,032 trilhão. A projeção representa 12,1% acima do obtido em 2020.
 
Em uma análise mais detalhada, é possível identificar os principais tipos de cultura que geraram R$708,3 bilhões, com 15,4% de aumento real na agricultura. Na pecuária, o crescimento foi de 5,4% em relação a 2020 com um VBP de R$ 323,9 bilhões.
 
No primeiro grupo, os principais destaques são arroz, com aumento de 6,0% no VBP, cacau 6,9%, laranja 7,2%, milho 21,9%, soja 30,1% e trigo 13,6%. A soja teve aumento real no valor de 73% nos dois últimos anos. O crescimento na produção de soja e milho promoveu um aumento dentre os mais elevados registrados desde o início da utilização do VBP em 1989. É por isso que esses grãos estão nas primeiras colocações no VBP medido recentemente:
 
  1. soja;
  2. milho;
  3. cana-de-açúcar;
  4. café;
  5. algodão;
 
Esses itens são responsáveis por 57,3% do VBP das lavouras.
 
Já na pecuária, as contribuições positivas ao VBP ficaram por conta da carne bovina (10,7%), carne de frango (2,4%) e do leite (4,6%). A contribuição negativa ficou por conta dos suínos (-2,6) e dos ovos (-6,7%).
 
Com esses números animadores, é natural que empreendedores rurais optem por reinvestir os lucros no próprio negócio. Esse é o caminho mais curto para melhorar resultados. Esse investimento pode ocorrer de inúmeras maneiras. A contratação de mão de obra qualificada, a aquisição de insumos para aprimorar o cultivo e até a compra de geradores de energia estão entre os principais ativos que devem ser alvo de investimentos para manter a produtividade das fazendas.
 
Mas o bom desempenho do agronegócio requer uma excelente infraestrutura rural para a ampliação dos resultados nas safras.
 
Os estados de Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Minas Gerais são os primeiros classificados no valor da produção. Juntos respondem por 62,6% do VBP total. As regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste representam 83,6% do valor da produção. As regiões Nordeste e Norte respondem por 15,1% do VBP.


Essa publicação é de responsabilidade do autor e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »