23/03/2021 às 19h37min - Atualizada em 23/03/2021 às 19h37min

Médico faz esposa refém e a ameaça de morte no bairro Martins

Segundo relatos de vizinhos, o médico, de 81 anos, faz acompanhamento psiquiátrico e teria ficado irritado com o fato da filha ter ido até uma psiquiatra sem ele

DA REDAÇÃO
Fato ocorreu em residência na Rua Rafael Rinaldi, no bairro Martins I Foto: DIVULGAÇÃO/PM


Um médico fez refém sua esposa e ameaçou matá-la, na tarde desta terça-feira (23), em uma residência na Rua Rafael Rinaldi, no bairro Martins, em Uberlândia.

Segundo relatos de vizinhos, o médico, de 81 anos, faz acompanhamento psiquiátrico e teria ficado irritado com o fato de a filha ter ido até uma psiquiatra sem ele e de lá ter realizado uma chamada de vídeo. Diante deste fato, o médico pegou uma arma de fogo e fez um disparo.

Ainda de acordo com os relatos, o médico também teria feito refém sua esposa e passado a ameaçá-la de morte. Segundo informações das testemunhas, a esposa tem 61 anos.

Com o barulho do tiro, vizinhos chamaram a Polícia Militar (PM), que foi até o local e passou a negociar a rendição do médico. Horas depois, ainda de acordo com relatos de vizinhos, a esposa foi liberada pelo médico, que foi conduzido a um hospital, acompanhado da filha.

A reportagem do Diário fez contato com a PM para saber mais informações sobre o caso, mas ainda não obteve resposta. 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »