12/03/2021 às 14h04min - Atualizada em 12/03/2021 às 14h04min

Taxa de contágio da Covid-19 volta a subir em Uberlândia após quatro semanas de queda

Na última semana de análise, com fechamento no dia 8 de março, o índice médio de retransmissão passou de 1,04 para 1,07

DA REDAÇÃO

A Prefeitura de Uberlândia informou, nesta quinta-feira (11), que a taxa de contágio da Covid-19 voltou a subir no município, mesmo após apresentar quatro semanas com tendência de queda.

Na última semana de análise, com fechamento no dia 8 de março, o índice médio passou de 1,04 para 1,07. Isso significa que, se antes havia uma proporção de retransmissão do vírus de 100 pessoas positivadas para outras 104, agora, cada grupo de 100 pessoas transmite o vírus para 107.

A taxa de contágio considera, dentre outros registros, o número de casos confirmados da doença mais as notificações por síndrome respiratória. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), quando o índice mostra que a transmissão ocorre para mais de uma pessoa, há risco de crescimento do número de casos positivos. Acima de dois, o crescimento é considerado exponencial. O ideal é que a taxa de contágio fique abaixo de um, cenário no qual a doença é vista em remissão.

Desde o mês passado, o Município adotou medidas rígidas no funcionamento de atividades comerciais, com o objetivo de combater a disseminação da Covid-19. Desde o dia 20 de fevereiro, Uberlândia está na Fase Rígida do Plano Municipal de Funcionamento de Atividades Econômicas e, desde 23 de fevereiro, também está com toque de recolher diário das 20h às 5h, além da lei seca.




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »