12/03/2021 às 10h08min - Atualizada em 12/03/2021 às 10h08min

Jovem sequestra e mantém família em cárcere privado em Uberlândia

Ocorrência foi registrada na noite desta quinta-feira (11); autor tentou roubar vítimas, mas foi rendido pelos policiais

DA REDAÇÃO

Um jovem, de 26 anos, foi preso, na noite desta quinta-feira (11), após sequestrar e manter uma família em cárcere privado no bairro Granada, em Uberlândia. Antes de invadir a residência das vítimas, o autor havia roubado um carro e tentado assaltar um comércio na região.

De acordo com a ocorrência, o crime foi registrado por volta das 19h. O criminoso abordou a família no portão da residência e ordenou que todos entrassem no imóvel e ficassem quietos. A Polícia Militar (PM) foi acionada por testemunhas que presenciaram o fato.

Diante da denúncia, os militares se deslocaram até a casa e viram, através dos muros, que o autor mantinha as vítimas dentro do local e proferia ameaças de morte. Os policiais conseguiram conversar com o jovem, que pediu para eles se afastarem porque estava com uma pistola e mais dois autores dando apoio à ação.

As autoridades insistiram na conversa com o criminoso e, em determinado momento, ele disse que queria a imprensa no local para que não fosse agredido pelos policiais ou populares. Além disso, ele informou que soltaria as vítimas e se entregaria, caso os militares encontrassem a mãe dele.

Após rastreamentos, os PMs localizaram a mãe do autor e a levaram até o local do crime. Ao conversar com a mãe, o jovem desarmou a arma de fogo e a entregou aos policiais. Em seguida, soltou as vítimas e se rendeu à abordagem.

OUTROS CRIMES
Ainda durante as diligências, o autor confessou aos policiais que tinha participado de um roubo a um carro no mesmo dia. Disse ainda que havia sido chamado por outros dois indivíduos para cometer o crime.

Além disso, o criminoso informou que antes de invadir a residência havia planejado um roubo a um comércio da região, mas ele e os comparsas não conseguiram. Sendo assim, o jovem invadiu a casa da família para tentar roubar eletrônicos.

O assaltante comentou ainda que tem conversas gravadas no celular que comprovam a participação de outros dois indivíduos nos crimes. Diante da situação, o autor foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil. Os outros dois criminosos não foram encontrados.
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »