24/02/2021 às 10h04min - Atualizada em 24/02/2021 às 10h04min

Mãe e filha são presas transportando maconha em Uberlândia

Autoras foram abordadas em frente a um hospital no bairro Santa Mônica, nesta terça-feira (23)

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar (PM) prendeu, na noite desta terça-feira (23), mãe e filha, de 45 e 24 anos respectivamente, após terem sido abordadas e flagradas transportando drogas dentro de um carro em Uberlândia. A prisão aconteceu nos arredores de um hospital no bairro Santa Mônica, zona leste da cidade.
 
Segundo informações do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), os militares receberam uma denúncia por volta de 20h40, de que uma mulher em um carro preto entregaria uma grande quantidade de maconha nas proximidades do hospital. Com a informação, a PM desencadeou uma operação para verificar a veracidade da informação.
 
No decorrer da operação, os policias militares se depararam com um carro semelhante ao denunciado, que estava parado em frente ao hospital. Ao perceber a presença da PM, a condutora do veículo tentou sair rapidamente do local, mas acabou sendo abordada, juntamente com a passageira.
 
Durante as buscas dentro do veículo, os policiais encontraram nove barras de maconha. A condutora de 45 anos alegou que não tinha conhecimento do que havia na caixa, e que havia sido convidada pela filha para fazer uma entrega. Já a jovem de 24 anos afirmou à PM que havia retirado as barras de maconha em um condomínio no bairro Santa Mônica, e que sua mãe não tinha conhecimento da entrega do material entorpecente.
 
Com a informação da autora, os policiais foram até o condomínio citado e encontraram mais 297 barras de maconha, sete barras de crack, seis invólucros com cocaína, três balanças de precisão, uma grande quantidade de fenacetina, material para embalagem e uma arma de fogo calibre .380 alimentada com 15 munições. Todo o material foi apreendido.
 
A jovem alegou que o dono do apartamento é o proprietário de todo o material, e que ela recebia R$ 200 por entrega. A PM não encontrou ninguém no imóvel. O veículo foi apreendido e as autoras foram levadas à Delegacia de Plantão.





VEJA TAMBÉM:
Com aumento de internações e falta de UTIs, hospitais particulares restringem atendimento em Uberlândia


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »