06/01/2021 às 17h03min - Atualizada em 06/01/2021 às 17h38min

Coronavírus: 379 novos casos são contabilizados em Uberlândia

Um óbito foi registrado pela SMS nesta quarta (6); cidade segue na fase intermediária do plano municipal de funcionamento do comércio

DA REDAÇÃO
O mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na tarde desta quarta-feira (6) confirmou mais 379 casos da Covid-19 em Uberlândia. Com o novo levantamento, a cidade chegou ao total de 44.840 notificações positivas para o vírus. Dentre os novos infectados, 371 pacientes foram diagnosticados com o vírus pelo teste RT-PCR e oito através de testes rápidos e de sorologia.

Além disso, a SMS apontou um novo óbito pelo coronavírus. Desta forma, o município tem 757 vítimas fatais da enfermidade desde o início da pandemia. A morte registrada hoje foi de um homem, de 51 anos, que estava internado na rede particular de saúde.


Em comparação ao boletim divulgado nesta terça (5), houve aumento de 51% nas notificações suspeitas para a enfermidade, que chegaram a 98 com os novos dados. 143.446 pessoas já testaram negativo para o vírus e 39.942 pacientes se recuperaram da doença.

Ainda de acordo com a SMS, 142 pacientes estão hospitalizados com sintomas do coronavírus na rede pública e privada da cidade. Destes, 65 estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 77 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 na rede municipal é de 80%.

FASE INTERMEDIÁRIA

A Prefeitura de Uberlândia confirmou, em decisão publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta terça-feira (5), que a cidade permanecerá na fase intermediária do plano municipal de funcionamento do comércio até o dia 15 de janeiro.

O decreto inicial do planejamento de retomada do setor comercial foi instituído em outubro de 2020, em discordância aos indicadores adotados pelo programa "Minas Consciente". Com o novo plano, as atividades econômicas podem ser classificadas em três fases de abertura, sendo a fase rígida (vermelha), fase intermediária (amarela) e a fase flexível (verde).

Sendo assim, o plano municipal implementado tem a fixação de graus de progressividade ou de regressividade, organizados em fases distintas, mediante a adoção conjugada de critérios sanitários e epidemiológicos e a seletividade dos setores econômicos abrangidos. Segundo a SMS, o plano poderá ser revisado quando necessário, como uma medida de prevenção e reação ao avanço da Covid-19 em Uberlândia.

 



VEJA TAMBÉM:

Governo nomeia Valder Steffen como reitor da UFU para 2ª gestão


Nova Mesa Diretora da Câmara tem apenas um vereador em primeiro mandato

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »