06/11/2020 às 09h57min - Atualizada em 06/11/2020 às 09h57min

Thiago Fernandes (PSL) vem com proposta liberal econômica

Série de entrevistas se encerra amanhã com o candidato Wallace, do PSOL

SÍLVIO AZEVEDO
Thiago Fernandes tem 36 anos e está em seu primeiro mandato como vereador | Foto: Filipe Nakazato
O penúltimo da série de entrevistas com candidatos a prefeito de Uberlândia é Thiago Fernandes (PSL), 36 anos, consultor tributário, estudante de Direito e está em seu primeiro mandato como vereador. Ele encabeça a coligação Aliança por Uberlândia, junto com o PMN. A chapa majoritária é completada pelo militar reformado Coronel Ramalho como vice.

Todos os candidatos foram convidados a participar das entrevistas e a sequência das publicações foi definida por ordem alfabética, conforme informado anteriormente. Já participaram Adriano Zago (PDT), Arquimedes Ciloni (PT), Edilson Graciolli (PCdoB) Felipe Attiê (PTB), Gilberto Cunha (PSTU), Odelmo Leão (PP) e Placidino Stábile (MDB). A série será encerrada neste sábado (7) com Wallace (PSOL). Caso Lourival Santos (MDB) consiga participar do pleito através de medida judicial, sua entrevista também será publicada no dia seguinte da decisão.

Como é baseado o seu projeto de governo para Uberlândia entre 2021 e 2024?
Nossas principais propostas de governo estão estruturadas em 5 pilares: Deus, Família, Saúde, Emprego e Justiça. Em nosso governo, corrupto não terá vez.

Quais as expectativas para governar uma cidade do porte de Uberlândia em um período final e pós- pandemia?
Para recuperar a economia e o desenvolvimento econômico da nossa cidade pós-pandemia, vamos enviar para a Câmara Municipal um pacote de leis e de medidas que visa primeiro criar a cooperativa de crédito para o micro e pequeno empreendedor, onde vamos disponibilizar créditos para a retomada dos setores do comércio e prestação de serviços dos micros e pequenos empreendedores. Criaremos também um pacote de leis para desburocratizar, isentar por um período de taxas, renovação de alvarás e de taxas da prefeitura, para que as empresas e os comerciantes possam ter um fôlego. Impostos não podemos isentar, mas algumas taxas poderemos isentar temporariamente. Daremos mais prazos para os alvarás e pretendemos digitalizar todos os procedimentos da prefeitura, para que as pessoas possam fazer tais procedimentos sem precisar se deslocar pessoalmente até a prefeitura.

Em nosso governo, investiremos fortemente na área da ciência, inovação e tecnologia. Investiremos muito para capitalizar empresas que aqui queiram estabelecer laboratórios de startup, estimulando assim um crescimento tecnológico. Como Uberlândia possui uma localização geográfica estratégica, criaremos plataformas de empresas E-Commerce, de lojas virtuais, visando startups que venham ser sediadas em nossa cidade. Dessa forma, postos de trabalho com remuneração digna serão criados.

Na área da saúde, será promovido um plano de reestruturação transformando as UAIs em UPAs. Faremos a adesão imediata ao Samu, mantendo o serviço do Siate. Dessa forma vamos conseguir mais recursos e ampliar a capacidade de atendimento ao povo de Uberlândia.

Os processos da prefeitura serão desburocratizados, permitindo maior agilidade e rapidez nos processos, fazendo com que a população não perca muito tempo para obter algum documento na prefeitura.

No que diz respeito ao combate à corrupção, trabalharemos com tolerância zero contra a corrupção. Realizaremos uma profunda e minuciosa auditoria nas contas públicas do município, ao passo que também vamos eliminar, extinguir nos cem primeiros dias de governo, 60% dos cargos comissionados. Desses, 30% serão extintos em definitivo e 30% serão ocupados apenas por servidores efetivos. Dessa maneira, tais recursos economizados serão injetados na economia da cidade.

Para estimular a economia e os empreendedores locais, pretendemos desenvolver uma plataforma com um aplicativo virtual pela prefeitura, que vai aproximar quem quer contratar os serviços e quem quer oferecer tais serviços. A população e as empresas que contratarem ou venderem seus serviços, através desse aplicativo que será desenvolvido pela prefeitura, terão benefícios tais como isenções de taxas. Tal processo permitirá aos prestadores de serviço maior lucratividade e maior giro da nossa economia.
Teremos uma administração com uma gestão muito eficiente, realizando auditorias, cortes de despesas e de mordomias, visando a empregabilidade do recurso público a favor da população de Uberlândia.


Militar reformado, Coronel Ramalho é o vice de Thiago Fernandes pelo PMN | Foto: Filipe Nakazato/Divulgação

Quais são suas propostas para recuperar a economia do município?
Além do pacote de leis e de medidas que visa criar a cooperativa de crédito para o micro e pequeno empreendedor, como citado anteriormente, investiremos fortemente na área da ciência, inovação e tecnologia. Investiremos muito para capitalizar empresas que aqui queiram estabelecer laboratórios de startup, estimulando assim um crescimento tecnológico. Como Uberlândia possui uma localização geográfica estratégica, criaremos plataformas de empresas E-Commerce, visando startups que venham ser sediadas em nossa cidade. Dessa forma, postos de trabalho com remuneração digna serão criados. Pretendemos ainda implementar uma política de incentivos à geração de empregos, fomentar incubadoras e aceleradoras de startups, adesão integral ao programa de desenvolvimento pelo Coden [Conselho de Desenvolvimento Econômico], atrair novos investimentos para implantação de novas empresas no município, investir na implantação de centros de pesquisa, estimular o turismo de negócios, apoiar projetos privados que possam alavancar o turismo de negócios, prospectar eventos culturais e esportivos de grandeza nacional e internacional, desenvolver e apoiar rotas gastronômicas, estabelecer convênio com o Ministério do Turismo para desenvolvimento de ações viáveis.

A Saúde é uma das pastas que mais recebe recursos e, também, motiva muitas reclamações por parte dos usuários do sistema público, especialmente quanto ao déficit de leitos. Como diminuir essa insatisfação e melhorar a qualidade dos atendimentos nas unidades de saúde?
Na área da saúde será promovido um plano de reestruturação, transformando as UAIs em UPAs. Faremos a adesão imediata ao Samu, mantendo o serviço do Siate. Dessa forma vamos conseguir mais recursos e ampliar a capacidade de atendimento ao povo de Uberlândia. Ainda trabalharemos no sentido de humanização do atendimento do usuário SUS, valorização do profissional de saúde, respeito e aplicação das leis do SUS e CMS [Conselho Municipal de Saúde].

A Educação também figura entre os segmentos mais importantes na gestão pública. Quais as principais ações do seu governo propostas para o segmento?
Tornar Uberlândia uma referência nacional no desempenho da educação básica, adesão ao plano da escola cívico-militar, aplicação da tecnologia no processo de aprendizagem, capacitação contínua do profissional da educação e promover a educação para famílias do setor rural.

Muitos especialistas indicam a urgência de Uberlândia passar a contar com um plano de mobilidade urbana efetivo diante ao crescimento exponencial da cidade. Em seu governo, como o planejamento de tráfego e melhorias no transporte urbano seriam tratados?
Auditoria e revisão do processo do transporte público visando trazer serviços de qualidade para o usuário, promover o investimento na frota urbana de forma sustentável, reavaliar a política de aprovação de viabilização de projetos de loteamento, capacitar a Prefeitura no recapeamento de vias públicas e a revisão do projeto Master Plan para a cidade, entre outras ações.

Outras considerações:
Nosso plano de governo ainda contempla muitas ações nos eixos de Gestão Pública, Cultura, Esporte e Lazer, Segurança, Antidrogas, Empreendedorismo, Trabalho e Renda, Habilitação, Negócios e Turismo, Inovação e Desburocratização, Assistência Social, Meio Ambiente, Animais, Jovens, Mulheres, Melhor Idade, Área rural, e Integração Regional.

Por que você acredita que seu plano de governo é melhor do que o dos demais candidatos?
Porque trata de um plano com planejamento que atacará as principais demandas reais da nossa população, reduzindo gastos, cortes de mordomias e efetivo emprego do recurso público onde realmente é necessário.

SERVIÇO
Número na urna: 17
Chapa: Aliança por Uberlândia (PSL/PMN)
Facebook: https://www.facebook.com/ thiagofernandes.uberlandia
Instagram: thiago.uberlandia

VEJA TAMBÉM: 


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »