03/11/2020 às 17h02min - Atualizada em 03/11/2020 às 17h03min

SMS confirma mais um óbito pela Covid-19 em Uberlândia

Cidade tem 674 vítimas fatais da enfermidade; mais 69 casos foram registrados pela nesta terça-feira (3)

DA REDAÇÃO

Divulgado na tarde desta terça-feira (3), o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) contabilizou um óbito nas últimas 24 horas em Uberlândia. No total, já são 674 mortes confirmadas pela doença desde o início da pandemia. A vítima de hoje era um idoso de 72 anos que estava internado na rede particular de saúde.

Ainda de acordo com o levantamento, disponibilizado no site oficial do Município, mais 69 casos do novo coronavírus foram registrados. Com a atualização dos dados, a cidade chegou ao total de 35.701 notificações para a enfermidade. Dentre os infectados de hoje, 39 foram diagnosticados com o vírus pelo teste RT-PCR e 30 por meio de testes rápidos e de sorologia.

Segundo o boletim informativo, 151 casos suspeitos estão sob investigação das autoridades de saúde. Além disso, 102.803 pessoas já testaram negativo para o coronavírus em Uberlândia e 31.618 pacientes se recuperaram da enfermidade.

Por fim, a SMS informou que 133 pessoas estão hospitalizadas com sintomas do coronavírus na rede pública e privada da cidade. Destas, 75 estão internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 58 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 na rede municipal é de 60%.


BR E MG
Em Minas Gerais, o número de casos confirmados chegou a 360.830, conforme os dados do boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) desta segunda. Ainda de acordo com o levantamento estadual, 21.762 casos estão em acompanhamento e 330.021 pessoas já se recuperaram da doença. Em relação à quantidade de óbitos, o estado contabiliza 9.047 registros.

Até ontem, o Brasil contabilizava 160.253 mortes causadas pelo coronavírus. O número de casos confirmados subiu para 5.554.206. O levantamento nacional com os dados atualizados desta terça não havia sido divulgado até a publicação desta matéria.

 

VEJA TAMBÉM:
 

Promotorias que atuam no Direito de Família notam aumento de denúncias

 


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »