22/09/2020 às 18h00min - Atualizada em 22/09/2020 às 18h00min

Incêndio no Parque do Pau Furado danifica 75 hectares de vegetação

Chamas foram controladas na segunda-feira (21); equipes seguem no local avaliando os impactos

DHIEGO BORGES
Boa parte da área atingida estava em recuperação de outro incêndio ocorrido em 2017 | Foto: Guilherme Bueno

Depois de quatro dias de incêndio, equipes ambientais e brigadistas avaliam os impactos causados pelas chamas que atingiram o Parque Estadual do Pau Furado (PEPF), entre Uberlândia e Araguari, na última sexta-feira (18). De acordo com as primeiras informações levantadas pela coordenação, pelo menos 75 hectares de vegetação foram queimados. As causas do incêndio ainda estão sendo apuradas.

Nesta terça (22), uma equipe composta por dez pessoas segue fazendo um trabalho de rescaldo e monitoramento da área atingida para avaliação dos impactos. O incêndio começou por volta das 10h30 de sexta e as chamas foram totalmente controladas somente na manhã desta segunda, com um trabalho em conjunto que envolveu brigadistas do parque, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar (PM). O helicóptero Pegasus, da PM, também foi utilizado como apoio.

Em média, de 20 a 30 pessoas por dia trabalharam no combate ao fogo e, segundo a coordenação, a chuva que caiu ontem na cidade também contribuiu para controlar o fogo e amenizar a situação. Segundo o coordenador do parque, Guilherme de Oliveira Bueno, ainda não é possível avaliar totalmente os prejuízos causados, mas o incêndio tem grande impacto no habitat para os animais que vivem no local.

“Durante a operação as equipes identificaram uma cobra morta e alguns animais em fuga, como ratos silvestres. Teve um jabuti também se protegendo em uma grota, mas felizmente não houve necessidade de resgate de animais feridos. Mas, tem as consequências de afugentamento e a perda temporária de habitat até que a área se regenere”.

Boa parte da vegetação queimada se recuperava de um outro incêndio que danificou uma área de 83 hectares em 2017. Ainda não há um levantamento completo, mas as equipes já identificaram árvores danificadas, além de parte da vegetação de floresta.

Com a finalização do rescaldo, o próximo passo será um trabalho de reconhecimento e o início do processo de recuperação. “Existe um projeto ambiental já aprovado para recuperação dessa área queimada, além de outros projetos para demais locais do parque. Vamos priorizar a análise desses projetos e aprovar o quanto antes para tentar iniciar ainda nesse ano”, afirmou Guilherme Bueno.

Ainda segundo o coordenador, cerca de uma semana antes do incêndio houve outra ocorrência próxima ao parque. “Orientamos para que as pessoas a não utilizem o fogo para limpeza de pastos ou queimada de lixo, por exemplo. Nesse menos recente, tivemos uma denúncia de que foi uma queima de lixo ou de palhada para plantio que atingiu uma chácara e outras propriedades rurais no entorno do parque”, disse.

O Parque Estadual do Pau Furado foi criado em 2007 e é administrado pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF). A área tem um total de 2.184 hectares, com 932 espécies de fauna e flora. 

Além do Corpo de Bombeiros e brigadistas do IEF, t
ambém auxiliaram no combate às chamas moradores da região, produtores rurais da localidade, órgãos municipais e estaduais, voluntários e algumas empresas da cidade.

* O texto foi atualizado às 9h02 desta quarta-feira (23).



VEJA TAMBÉM:

Mais de 5 mil pessoas participaram de exibições de cine drive-in em Uberlândia


MDB Nacional intervém e anula candidatura de Placidino Stábile
 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »