18/09/2020 às 18h14min - Atualizada em 18/09/2020 às 18h14min

PM registra furto de combustível em dutos na zona rural de Uberlândia

Ação ocorreu nesta quinta-feira (17) próximo ao Distrito Industrial na Transpetro, empresa que opera os dutos da Petrobras

DA REDAÇÃO

Na tarde desta quinta-feira (17), a Polícia Militar (PM) atendeu uma ocorrência de furto de combustível em dutos da Petrobras em Uberlândia. A ação aconteceu próximo à região do Distrito Industrial em uma propriedade da Transpetro, empresa que opera os dutos da estatal. A estimativa feita pela polícia é de que 30 mil litros de diesel foram subtraídos.

De acordo com informações da PM, após patrulhamento foi encontrada uma mangueira com registro ligado ao duto pelo qual os criminosos estavam extraindo óleo diesel e armazenando nas proximidades. Foram realizadas buscas nas imediações, mas os autores do crime não foram localizados.

A polícia disse que a empresa fez uma inspeção na quarta (16) e localizou uma derivação clandestina. Ao continuar com a inspeção foi observada uma alteração no solo, onde o mesmo estava camuflado com mato e mal compactado. Após análise detalhada foi encontrada a mangueira enterrada, momento em que se percebeu um odor de diesel.

Ainda de acordo com a polícia, uma equipe da Transpetro relatou que próximo ao local dois homens estavam trabalhando em uma construção e ficaram bastante agitados, sendo que minutos depois um veículo foi até o lugar e levou os homens.

A PM também contou que os autores conectaram a mangueira a um duto que totaliza 1 mil km de extensão, e acredita que os autores se dividiram em equipes de observação, escavação, solda, transporte, armazenamento e distribuição para cometer o crime.

Em caso de identificação de qualquer movimentação suspeita na faixa de dutos ou em terrenos próximos, a Transpetro atende pelo telefone 168 gratuitamente. Também é possível contatar a empresa por WhatsApp, no (21) 999920-168.



VEJA TAMBÉM:

•  Quadrilha de Uberlândia é condenada por furto de R$ 3,5 mil litros de diesel da Petrobras




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »