17/09/2020 às 11h48min - Atualizada em 17/09/2020 às 11h48min

Odelmo Leão terá apoio de 15 partidos na busca pela reeleição

Placidino Stábile vence disputa interna e MDB terá candidato a prefeito após 16 anos; PSL oficializa Thiago Fernandes

SÍLVIO AZEVEDO
Nesta quarta-feira (16), último dia de convenções partidárias, a eleição para o Executivo de Uberlândia começou a ser formada, com a nomeação dos últimos candidatos e formação das alianças visando o pleito do dia 15 de novembro. Até o momento, o prefeito Odelmo Leão, que busca a reeleição pelo Progressistas, tem o apoio da maioria dos partidos. 

As eleições contam com 10 candidatos a prefeito a princípio, considerando que o PTB vive um impasse interno. São eles: Adriano Zago (PDT), Chico Humberto e Felipe Attiê (PTB), Gilberto Cunha (PSTU), Odelmo Leão (PP), Placidino Stábile (MDB), Professor Arquimedes (PT), Professor Edilson Graciolli (PC do B), Thiago Fernandes (PSL) e Wallace Alves de Oliveira (PSOL).

Com o fim das convenções e a formação das coligações, o PP caminhará em campanha ao lado de mais 15 partidos. Além do PSD que indicou o vice na chapa, Paulo Sérgio, estarão junto à Odelmo o Avante, DC, DEM, Patriota, PL, PMB, Podemos, PRTB, PSC, PSDB, PTC, PV, Rede e Republicanos.

A campanha de Adriano Zago (PDT) ganhou um reforço na noite de quarta-feira, com o acordo fechado com o Pros, do deputado federal Weliton Prado, que se juntará ao PSB e Solidariedade na coligação. A legenda ainda não definiu o nome que fará composição como vice de Zago na chapa. 


Já as campanhas de PC do B, Psol, PSTU, PT e MDB seguirão solitárias. Os partidos têm até dia 26 de setembro para registrar as chapas com as coligações e os candidatos que concorrerão a uma vaga no Legislativo.

Candidaturas de Thiago Fernandes e Placidino Stábile a prefeito são oficializadas | Foto: Reprodução


CONVENÇÕES
O PSL confirmou, nesta quarta, a candidatura de Thiago Fernandes, com o Coronel Ramalho como vice na chapa PSL/PMN. O partido lançou 41 candidatos a vereador, sendo 13 mulheres e 28 homens. 

A convenção do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) também definiu, por meio de votos, o nome do advogado e ex-diretor da Prodaub na gestão de Gilmar Machado (PT), Placidino Stábile, que levou a melhor sobre o radialista Lourival Santos, indicado pelo ex-senador Wellington Salgado, por 32 a 16. O nome do vice na chapa segue indefinido. 

“É a primeira vez que o partido indica um candidato a prefeito em Uberlândia desde Zaire Rezende, em 2004. É uma felicidade muito grande. O MDB tem uma história e a responsabilidade está nas nossas mãos de dar continuidade a esse legado”, comentou Placidino.

Antes do término da convenção, o advogado de Lourival Santos tentou entregar ao presidente da executiva municipal do partido, o deputado estadual Leonídio Bouças, uma petição pedindo para que constasse em ata a solicitação de dissidência do pré-candidato derrotado, porém não foi atendido.

VEJA TAMBÉM:
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »