15/09/2020 às 08h41min - Atualizada em 15/09/2020 às 08h41min

Chuvas devem ocorrer somente na última semana de setembro em Uberlândia

Termômetros chegam a 38ºC nesta semana; clima pode mudar com chegada de primavera no dia 22

BRUNA MERLIN
Previsão aponta umidade relativa do ar em 10% nos próximos dias | Foto: Arquivo/Diário de Uberlândia
A baixa umidade relativa do ar e o calor excessivo devem continuar nos próximos dias em Uberlândia. Segundo o professor de climatologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Paulo Cezar Mendes, a previsão é de que as chuvas voltem a acontecer somente na última semana de setembro, após a chegada da primavera. 

Durante esta semana, os termômetros podem chegar a 38ºC no período da tarde. A temperatura mínima, que acontece durante a madrugada e início da manhã, irá variar entre 17ºC e 19ºC. 

Ainda de acordo com Paulo Cezar, os meses de setembro e outubro são os mais quentes do ano. O calor, que se soma à baixa umidade, os ventos, a poeira e as fuligens das queimadas típicas desse período, acaba resultando em uma sensação térmica maior, trazendo desconforto para a população. 

“A ausência de nebulosidade e a baixa umidade propaga uma onda muito grande de calor. Isso é típico desse período”, explicou o professor.

CHUVA
Nesta semana, a umidade relativa do ar durante a tarde poderá chegar a 10% em Uberlândia. Conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS), níveis de umidade abaixo de 20% já são considerados emergenciais e apresentam risco à saúde das pessoas.

A situação ficará melhor somente na última semana do mês de setembro, de acordo com o professor Mendes. Após a chegada da primavera, que acontece no dia 22 de setembro, a previsão aponta pancadas de chuvas isoladas na cidade.

“A estação é conhecida por trazer a chuva de forma gradativa. As massas de ar úmido junto à frente fria da região Sul do país se instalam na região do Triângulo Mineiro e proporcionam essas precipitações que amenizam o calor e aumentam um pouco a umidade”.

Por fim, Paulo Cezar explicou que as chuvas constantes devem ocorrer somente a partir da primeira quinzena de outubro. “Somente neste período que iremos conseguir perceber a mudança do clima, com a volta da alta umidade, dias com temperaturas mais amenas e a vegetação ficando mais verde”, finalizou. 


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »