20/07/2020 às 14h48min - Atualizada em 20/07/2020 às 14h48min

Uberlândia volta a campo contra o Villa Nova no domingo (26)

Partida acontecerá às 10h com portões fechados no Parque do Sabiá

DA REDAÇÃO

O Uberlândia Esporte Clube (UEC) está a cinco dias de voltar aos gramados de maneira oficial. O clube ainda tem duas partidas importantes pelo Campeonato Estadual e luta por vagas na Série D e na Copa do Brasil 2021. No próximo domingo (26), às 10h, o time comandado por Luizinho Lopes recebe o Villa Nova, no Parque do Sabiá, podendo ficar próximo de seus objetivos na temporada.

O elenco do Verdão se reapresentou na segunda-feira (13) da semana passada no CT Ninho do Periquito. As novidades ficaram por conta de dois reforços, o lateral-esquerdo Vandinho e o atacante Eder Luís, que tem passagens por grandes clubes do Brasil, como São Paulo, Atlético-MG e Vasco. Ambos estarão à disposição de Lopes no domingo. O Verdão, entretanto, não contará mais com Jhulliam, que se transferiu para o clube de Nova Lima.

Na opinião do treinador Luizinho, a primeira semana de treinamentos foi bastante proveitosa, considerando a necessidade de readaptação por parte dos atletas e da comissão técnica do Uberlândia. “Nós integramos todas as dimensões que prezamos, como tática, técnica, física, comportamental e psicológica”, disse.

Segundo o treinador, o momento atual requer muita criatividade para tentar driblar as consequências do tempo afastado dos campos devido à pandemia da Covid-19. De acordo com ele, o Uberlândia tem uma programação montada para a semana, buscando concentração na reta final do estadual.

Com a base do time mantida, Luizinho Lopes espera que o Verdão retome a segunda parte do mineiro como terminou a primeira: sem lesões e com todos os jogadores à disposição. O comandante ainda analisou o rival de domingo, que precisará ganhar do Uberlândia para não ser rebaixado já na próxima rodada.

“Sempre era melhor analisar os outros times na rotina de jogos, porque pegávamos os últimos jogos como referência. Agora, com a pausa, muita coisa mudou e alguns jogadores saíram de lá. Nós buscamos informações para que a gente possa ser o menos surpreendido possível”, relatou.

Com portões fechados, o Uberlândia não contará com o apoio das arquibancadas no confronto com o Villa. Questionado sobre as condições de readaptação do gramado, Luizinho Lopes espera que seus jogadores estejam bem fisicamente para impor um ritmo intenso durante os 90 minutos de partida.

“Vamos ter dois dias para treinar lá [Parque do Sabiá]. Já somos adaptados ao gramado, mesmo ficando um tempo afastados. Comparando as duas equipes, vamos vivenciar [as condições do gramado] e ter uma pequena readaptação. As duas equipes estão em condições iguais. Quem suportar essas condições, provavelmente sairá com o resultado positivo. Vamos tentar equilibrar e ser um time organizado para suprir a ausência da capacidade física que tínhamos”, finalizou Luizinho Lopes.

VEJA TAMBÉM:

Sem torcida nos estádios, clubes precisarão se adaptar

A pandemia e os impactos no futebol americano





























 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »