29/05/2020 às 08h27min - Atualizada em 29/05/2020 às 08h27min

Câmara Municipal de Uberlândia recebe projeto da LDO 2021

Orçamento previsto pelo texto é de R$ 3,3 bilhões; estimativa de receita é menor em relação a 2020

DA REDAÇÃO

Nesta quinta-feira (28), a Câmara Municipal de Uberlândia recebeu o projeto para a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021. A partir da próxima semana, a matéria de autoria do prefeito Odelmo Leão começa a tramitar pelas comissões permanentes do Poder Legislativo, após ser considerado “Objeto de Deliberação” pelo presidente da Casa, vereador Ronaldo Tannús (PL).

 A LDO norteia o Poder Executivo na elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), estimando as receitas e despesas para o próximo exercício. A partir dela, a administração deverá também estabelecer as prioridades e metas de gestão.

A previsão de receita para 2021 é menor em relação a de 2020. A estimativa para este ano foi de um orçamento de R$ 3,316 bilhões, já para o próximo ano a previsão é de R$ 3,301 bilhões. A redução, segundo o texto, aconteceu devido à queda de arrecadação esperada em função da pandemia da Covid-19.

Foram feitas estimativas orçamentárias para os 12 eixos estratégicos e prioritários da administração municipal. Confira abaixo:

 

  • Saúde: R$ 690.424.000

  • Educação: R$ 741.568.000

  • Desenvolvimento Social: R$ 63.254.000

  • Trânsito e Transporte: R$ 277.519.000

  • Desenvolvimento Econômico: R$ 2.540.000

  • Administração: R$ 986.464.000

  • Esporte e Lazer: R$ 33.743.000

  • Cultura: R$ 9.983.000

  • Habitação: R$ 30.700.000

  • Cidade Tecnológica e Sustentável: R$ 202.567.000

  • Transparência e Comunicação: R$ 18.386.000

  • Saneamento: R$ 244.375.000



















     

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »