27/05/2020 às 08h35min - Atualizada em 27/05/2020 às 08h35min

Fluxo digital utilizado por dentistas em Uberlândia/MG ajuda a prevenir a transmissão do coronavírus

Tecnologias odontológicas protegem seu sorriso

PUBLIEDITORIAL
Quais as medidas adotadas por dentistas em Uberlândia que previnem o coronavírus? Como as tecnologias podem ajudar a controlar a transmissão? E o que posso fazer para manter minha saúde bucal neste momento?
Esses questionamentos refletem muito bem a preocupação que todos temos no momento. O novo cenário que se desenvolveu frente ao COVID-19 requer contínuos cuidados. Pensando assim, dentistas em Uberlândia previnem a transmissão do coronavírus utilizando o fluxo digital como método de trabalho. Para esse momento, é importante manter os cuidados bucais apenas com o que é necessário, ou seja, realizar serviços ontológicos considerados essenciais e após passar o período crítico, retomar outros tipos de tratamento. Há ainda situações de pacientes que precisam concluir o tratamento iniciados antes da pandemia. E sua descontinuidade pode acarretar problemas funcionais e estéticos emergenciais.
 
Como se adequar às novas rotinas de comportamento e serviços? De que maneira os consumidores podem se sentir mais protegidos?
Esses são pensamentos constantes que nos deparamos para se adequar a uma nova forma de viver. Os reflexos causados pela pandemia do novo coronavírus na vida das pessoas ainda são incertos. Mas já é possível perceber que haverá mudanças profundas em vários setores pelas tendências comportamentais já apontadas. São muitas as dúvidas que vem pela frente e o que vai acontecer. Coisas simples que nem pensávamos a respeito, ganham agora uma nova dimensão. Como por exemplo, os cuidados com a higiene pessoal que se redobraram. Não sendo diferente na saúde bucal e na busca por um tratamento dentário com segurança. Assim é importante escolher dentistas em Uberlândia que previnem a transmissão do coronavírus. Enfim, o fato é que não seremos como antes e um estado de novo “normal” deverá ser adaptado ao longo do tempo.
 
Método de trabalho na clínica odontológica
Basicamente há dois métodos de trabalho atuais na clínica odontológica. O surgimento de tecnologias modernas vem permitindo transformações eficazes nas diversas especialidades odontológicas. Ao ponto de robotizar soluções de diagnóstico e produzir peças protéticas e ortodônticas que oferecem precisão e agilidade.
 
1. Fluxo tradicional
No fluxo tradicional, o exame pode representar o vetor de transmissão do coronavírus, já que passa por diversas mãos até chegar ao dentista. Além disso, perde-se tempo até o processamento de todas as imagens. Por exemplo, para realizar exames radiológicos o paciente se desloca para outra clínica, espera em outra recepção, frequenta outros ambientes. Depois disso, o exame e o laudo são impressos e encaminhados aos dentistas em seus consultórios depois de alguns dias. Em outro caso, os trabalhos protéticos (coroas dentárias, pontes e até dentaduras) são encaminhados aos laboratórios para confecção artesanal das peças.
 
2. Fluxo digital
No fluxo digital, o paciente realiza o exame radiológico na própria clínica e o dentista recebe a imagem no computador de maneira instantânea. Dispensando assim a impressão de imagens em papel e com mais riqueza de detalhes para manipular o software. Além de mais seguro, as imagens digitais tem mais qualidade, são sustentáveis e garantem maior agilidade. E ainda assim, diminuem o número de consultas necessárias para o atendimento e faz com que seu paciente não perca tempo com movimentações desnecessárias entre as consultas.


 
Recursos digitais utilizados com a presença do paciente
A realização de todos os exames de diagnóstico necessários para um bom plano de tratamento. Isso inclui fotos, radiografias da face e boca e até tomografia computadorizada. Sendo assim, o resultado é disponibilizado instantaneamente em uma tela de computador, sem impressão de filmes. Esse procedimento sustentável já é realizado na primeira consulta, não havendo necessidade de outros retornos para iniciar o tratamento.
 
O scanner é o equipamento utilizado para obtenção e transmissão das imagens da arcada dental para o computador. O processo é bastante simples e semelhante a digitalização de um documento. O escaneamento digital das arcadas dentárias evita a obtenção de moldes da boca, tornando o procedimento mais cômodo. Esse moderno equipamento faz uma varredura de todos detalhes de maneira simples e rápida. Isso acontece já na primeira consulta e esses dados são armazenados para um estudo detalhado.
 
Recursos digitais utilizados sem a presença do paciente
As informações digitais obtidas pelo escaneamento da boca são transferidas para um software odontológico específico. E assim, é feito pelo dentista um planejamento virtual do sorriso, que indica a melhor forma e contorno dos dentes reconstruídos. Dessa maneira, na próxima consulta o procedimento já pode ser apresentado, discutido e iniciado.


Produção de guias cirúrgicas em impressora 3D para colocação de implante dentário guiado por computador. Esse procedimento é realizado sem a necessidade de corte e pontos na boca. Por sua vez, o resultado pós-operatório é mais confortável com melhor controle da dor. Em muitos casos, realiza-se o procedimento cirúrgico de instalação do implante dentário na segunda consulta com segurança e precisão.
 
As coroas dentárias são produzidas de maneira robótica em laboratório digital próprio em breve no Complexo do UMC, a partir de um escaneamento dos detalhes dos dentes preparados ou dos implantes dentários já instalados. E depois de um planejamento digital bem definido da futura restauração, essas peças são usinadas em fresadora.
 
As coroas dentárias são produzidas de maneira robótica em laboratório digital próprio em breve no Complexo do UMC, a partir de um escaneamento dos detalhes dos dentes preparados ou dos implantes dentários já instalados. E depois de um planejamento digital bem definido da futura restauração, essas peças são usinadas em fresadora.
 
Dentistas em Uberlândia empreendem mesmo com o coronavírus
Mesmo diante de toda a dificuldade física e econômica atual, a Wit Odontologia Digital inaugura em breve a sua Unidade Sul. A metodologia da Unidade Martins será replicada agora para o Complexo do UMC, ampliando acesso localizado a uma determinada região da cidade de Uberlândia/MG. As obras foram iniciadas antes da pandemia e, mesmo com um atraso considerado normal diante da situação, mantemos o planejamento de execução. Para que seja, uma clínica odontológica completa com dentistas qualificados para um sorriso seguro.


Esta publicação é de responsabilidade do anunciante e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia. 









 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »