20/02/2020 às 11h11min - Atualizada em 20/02/2020 às 11h11min

Diocese de Uberlândia lança Campanha da Fraternidade 2020

Entidades beneficiadas receberão parte dos recursos arrecadados

SÍLVIO AZEVEDO
Reunião para lançamento da campanha foi realizada na manhã desta quarta-feira | Foto: Sílvio Azevedo
Com o tema “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, a Campanha da Fraternidade 2020 foi apresentada à imprensa pelo bispo diocesano Dom Paulo Francisco Machado nesta quarta-feira (19), na Cúria diocesana do Santuário de Nossa Senhora da Aparecida. 

Ao lado de padres e representantes de entidades assistenciais, Dom Paulo Francisco Machado falou da importância da campanha, que sempre trabalha o conceito de fraternidade. “É mais que um conceito. É viver uma vida fraterna, aprender a ser irmão, cuidando do outro, do meio ambiente, dos empobrecidos, idosos e doentes. É muito interessante que nessa campanha ela ganha uma amplitude maior com esses três verbos que vêm do lema. 

Segundo o bispo, o lema da campanha vem da parábola do bom samaritano, contada por Jesus. “As palavras são essenciais. Viu, será necessário modificar o nosso modo de olhar o irmão que sofre. Como olhamos esse irmão que sofre, com problema de drogas, vícios, doentes? Como vemos a pessoa pobre estendida no chão, esmolando. Mudar o nosso olhar. Depois, sentir um pouco sua dor e a capacidade de se colocar no lugar do outro. E, por fim, tomar alguma providência e cuidar dessa pessoa”, destacou.

No Domingo de Ramos, 5 de abril, será realizada a Coleta Nacional da Solidariedade e parte dos recursos recebidos durante a missa serão revertidos para entidades assistenciais. De todo valor arrecadado, 40% vai para a campanha nacional e os outros 60% destinados para a Casa Santa Gemma Galgani e a Casa da Misericórdia.

 “Para nós é um grande presente poder estar aqui dentro da Diocese, uma comunidade de fé. É um presente. Nosso trabalho tem tudo a ver com o tema e lema da Campanha da Fraternidade, que é justamente servir, ajudar, ter misericórdia, o amar. Tudo que é importante e estamos vivenciando tudo na prática e vamos ter um incentivo a mais da comunidade para continuar nosso trabalho”, disse Jack Albernaz, um dos representantes da Casa Santa Gemma, que atualmente abriga 25 moradores em situação de rua em sua sede, no bairro Aclimação, e serve refeições para 400 pessoas semanalmente.

A Casa da Misericórdia, que fica no bairro Umuarama, recebe pacientes acompanhantes que vêm de outras cidades em busca de um tratamento contra o câncer. Além da hospedagem, a entidade oferece café da manhã, almoço e janta, tudo isso sem cobrar pelo período de permanência. E para garantir o atendimento adequado, as doações da comunidade e o repasse da Campanha da Fraternidade serão muito importantes.

“Atualmente nós estamos com poucos doadores. A casa é um projeto lindo que traz esperança para muitos pacientes de mais de 36 municípios. Hoje acomodamos 38 pessoas na casa, juntamente com acompanhantes. Todos os recursos que forem conseguidos serão muito bem utilizados e empregados para que essas pessoas tenham melhor tratamento possível”, disse Luciano Alves Faria, um dos representantes da entidade na reunião.







 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »