11/02/2020 às 10h27min - Atualizada em 11/02/2020 às 10h27min

Termina nesta sexta (14) prazo para vistoria de vans escolares

Procedimento é obrigatório para quem presta serviço em Uberlândia

SÍLVIO AZEVEDO
Selo de veículo vistoriado desse ano é oval | Foto: Cleiton Borges/PMU
Motoristas de vans que trabalham no transporte escolar têm até a próxima sexta-feira (14) para realizar a vistoria obrigatória, realizada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran). Caso o procedimento não seja feito, o prestador fica impedido de realizar o serviço.

Atualmente, Uberlândia conta com 612 vans de transporte escolar. Até o fim da manhã de ontem, apenas 228 haviam passado pela vistoria, um déficit de 384 veículos. Segundo a Settran, em 2019 foram cerca de 80 autuações por falta de autorização.

O diretor de Fiscalização e Transportes da Settran, Ubiratan Floriano, disse que a vistoria deve acontecer a cada seis meses, de acordo com o decreto 7.328/97. Ao atualizar o cadastro junto à Prefeitura, o prestador passa a ter a garantia de que o serviço será prestado com qualidade e segurança.

“Quando o motorista submete o veículo a vistoria, ele atualiza seu cadastro, verificando se os cursos estão em dia, como o de primeiro socorros e transporte de passageiros modalidade escolar. Também é verificada a carteira de habilitação, se nos últimos 12 meses tem multa grave ou gravíssima, nenhum antecedente criminal. Estando tudo certo, recebe o encaminhamento para que a van seja vistoriada no galpão da avenida Afonso Pena”.

A inspeção certifica a parte mecânica, pneus, faróis, direção, condição dos estofados, freio, extintor, tacógrafo e quitação de taxas e impostos. Caso seja encontrada alguma desconformidade, o motorista tem até dez dias para fazer adequações e retornar ao processo de vistoria.

Ainda segundo Ubiratan, é muito importante que os pais estejam atentos à mudança do selo de identificação, que era retangular e esse ano passa a ser oval. O diretor também recomenda a busca de informações sobre a situação do prestador antes de contratar o serviço. “Basta ligar no Núcleo de Serviços de Táxi e Transportes Diversos, por meio do telefone 3231-5634, e obter os dados. O núcleo é responsável por manter o cadastro de vans atualizado”.

Atuando há 28 anos no transporte escolar, Marilda Cristina Lucas Martins disse que é muito importante realizar a vistoria da van, pois dá aos pais uma tranquilidade maior sobre o serviço prestado e garante que está apta a transportar com segurança. “Os pais têm a garantia de que o transporte será realizado com qualidade e segurança, pois eles colocam a joia mais importante deles dentro deu um veículo de transporte escolar. Eu acho que todo pai que busca um prestador de serviços deveria saber se a van está legalizada ou não”.

Marilda se programou com antecedência e já está em dia com as obrigações e com o selo em dia. “Desde que começaram a cobrar, eu trabalho regularizada. Antes de começar o período de vistorias me preparei. Tem coisas burocráticas, mas hoje está mais fácil, com documentos que buscamos na internet”.

Os motoristas que ainda não fizeram o processo devem procurar o Núcleo de Serviços de Táxi e Transportes Diversos, na rua Martinésia, 245, bairro Aparecida, para apresentar os documentos. Em seguida é preciso agendar a vistoria pelos telefones (34) 3210-6923/2023.











 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »