10/12/2019 às 10h00min - Atualizada em 10/12/2019 às 10h00min

Dentil/Praia retorna a Uberlândia e já pensa na Superliga

Equipe de Uberlândia volta a jogar na próxima sexta-feira (13) após queda na China

ÉDER SOARES
Dentil/Praia Clube foi derrotada por 3 sets a 2 pelo arquirrival Minas Tênis no domingo | Foto: FIVB/Divulgação
O Dentil/Praia Clube chega nesta terça-feira (10) a Uberlândia depois de praticamente uma semana de disputas em Shaoxing (China), pelo Mundial Interclubes de Vôlei feminino. Na bagagem, as comandadas do técnico Paulo Coco não trouxeram exatamente os resultados que esperavam. Depois de ser eliminada na fase classificatória e não conseguir ir às semifinais, a equipe acabou perdendo a disputa do quinto lugar para o arquirrival Minas Tênis numa derrota, de virada, por 3 sets a 2, na madrugada do último domingo (8). O título do Mundial ficou com o Conegliano, da Itália.

O técnico Paulo Coco lamentou a instabilidade da equipe praiana ao longo da competição. Ele entende que o time teve possibilidades para chegar mais longe, mas apesar do sexto lugar, Coco gostou da evolução técnica da equipe. Outro ponto citado por ele é que jogadoras que não estavam bem fisicamente estarão melhor preparadas na Superliga.

“Infelizmente não tivemos uma performance equilibrada no Mundial, fomos irregulares. Mas o ponto positivo é que vimos a evolução da equipe, jogando em um nível muito bom em alguns momentos e contra os melhores times do mundo.  Alguns ajustes aconteceram e as jogadoras, que por questões físicas não puderam jogar anteriormente, entraram e ajudaram de alguma forma. Agora é seguir em frente na Superliga”, disse Paulo Coco.

Agora, o Praia trabalha contra o cansaço da longa viagem e volta a pensar na Superliga, competição na qual tem jogo na próxima sexta-feira (13), às 18h, na Arena Praia, contra o Bauru (SP). Na competição nacional, o time uberlandense está invicto com cinco vitórias em cinco jogos disputados, ocupando neste momento a vice-liderança, atrás somente do Sesc/Rio, que tem duas partidas a mais.

“Temos que virar a chave, pensar que agora, na Superliga, nós temos um longo caminho pela frente e que precisamos seguir em frente buscando a nossa melhor forma física, técnica e tática. Temos o Bauru pela frente, que conhecemos bem, e precisamos jogar bem para que possamos permanecer entre os primeiros colocados”, finalizou Paulo Coco.








 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »