01/12/2019 às 09h55min - Atualizada em 01/12/2019 às 09h55min

Uberlandense é escolhido em projeto nacional e cria biblioteca colaborativa para incentivar leitura

José Augusto de 19 anos foi selecionado para representar Uberlândia em ação da escola RenovaBr; população pode ajudar com doações de livros

BRUNA MERLIN
Biblioteca foi inaugurada no dia 5 de outubro e já conta com 2 mil títulos | Foto: Arquivo Pessoal
Sabe aquela expressão “o bom filho à casa torna”? O José Augusto Venâncio Bárbara, de 19 anos, transformou a frase em vida real ao retornar à Escola Estadual do Parque São Jorge em Uberlândia, onde estudou, e implementar um projeto voluntário para incentivar a leitura entre os alunos da instituição de ensino. A Biblioteca Colaborativa foi inaugurada no dia 5 de outubro e já conta com 2 mil títulos.

O projeto foi pensado durante um curso da escola de formação política RenovaBr. Cerca de 1.400 alunos de vários cantos do Brasil, selecionados em um processo seletivo, foram incentivados a criarem uma ação para renovar algum local de diversas cidades do país. José Augusto, que também faz faculdade de Direito, foi o escolhido para representar a cidade. 

“É uma honra representar o município e a escola onde estudei todo o meu ensino fundamental e médio. Acredito na educação como ferramenta de transformação social e sei da grande importância que a leitura tem em nossas vidas”, explicou Venâncio.

 Alunos podem levar livros para casa e depois devolver, além de fazer doações de novas obras | Foto: Arquivo Pessoal

Na Biblioteca Colaborativa os alunos da instituição localizada no bairro São Jorge podem pegar livros, levar para casa, devolver e também doar outras obras para que o projeto continue crescendo. “Quero que essa iniciativa sirva de exemplo para empresas e pessoas porque a cultura de ler e compartilhar conhecimento nunca deve morrer”, ressaltou o idealizador.

Mesmo que o curso da RenovaBr já tenha acabado, José Augusto pretende avançar com a ação e já está criando planos para renovar o acervo da escola. Para isso, ele pede a ajuda da população para doações de livros de quaisquer gêneros. Interessados em participar do projeto podem entrar em contato pelo telefone (34) 9 9884-5709.







 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »