29/11/2019 às 10h40min - Atualizada em 29/11/2019 às 10h40min

Menor é indiciado por morte de torcedor do Flamengo em posto de Uberlândia

Mandado de busca e apreensão foi emitido, mas adolescente está foragido; ele tem passagens pela polícia por furto, receptação e porte ilegal de arma

DA REDAÇÃO
Crime foi registrado no fim de semana em posto no bairro Santa Mônica | Foto: Reprodução

Um adolescente de 16 anos é acusado de ter matado um torcedor do Flamengo no último sábado (23), após o jogo contra o River Plate pela Copa Libertadores. Hiaggo Henrique Garcia, de 27 anos, estava em um posto de combustíveis no bairro Santa Mônica, em Uberlândia, quando se desentendeu com o menor e foi atingido por um tiro no rosto. Inicialmente, a Polícia Militar (PM) informou que o autor tinha idade aparente de 20 anos, mas após investigações, se descobriu que se tratava do menor.

 

O mandado de busca e apreensão já foi emitido, mas o suspeito está foragido. A hipótese é de que o assassinato tenha sido premeditado por causa de rixas entre os dois. Segundo o delegado de Menores, Cirano Borges de Almeida, o procedimento investigatório já está concluído e foi remetido nesta quinta-feira (28) ao Poder Judiciário. Cópia dos autos foram também encaminhada para a Delegacia de Homicídios, em razão da participação de adultos no homicídio.

 

De acordo com apuração da Polícia Civil, o adolescente tem passagens por dois furtos à residência em Uberlândia e um em Araguari, sendo que neste último houve troca de tiros com a polícia. Ele também tem registros de receptação de veículo e posse de arma de fogo ilegal.

 

ENTENDA O CASO

O crime ocorreu por volta das 22h próximo à área da loja de conveniência do posto Milani, que fica na avenida Anselmo Alves dos Santos. O adolescente chegou ao local em um carro prata com mais duas pessoas, também envolvidas no homicídio.

 

As câmeras de segurança do posto flagraram o momento em que o grupo de torcedores iniciou a discussão. As imagens compartilhadas em redes sociais mostram que um dos rapazes dá uma cabeçada na vítima e, em seguida, o autor do disparo saca a arma de fogo e atira contra o rosto do jovem, que cai no chão. O tiro atingiu a parte inferior do olho da vítima.

 

O grupo então se dispersou e saiu correndo do local. Os autores tentaram entrar em um carro que estava estacionado na área do posto, mas não conseguiram dar partida e fugiram a pé pelo interior do bairro.

 

A vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu ao ferimento. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser feita a autópsia e liberado para a funerária na manhã de domingo (24). O jovem tinha passagens pela polícia pelos crimes de receptação, ameaça e infrações de trânsito.




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »