02/03/2016 às 07h48min - Atualizada em 02/03/2016 às 07h48min

Conta de luz ficará mais barata a partir de abril, segundo Ministro de Minas e Energia

O desconto deve-se ao desligamento de 22 usinas térmicas em todo o Brasil, que tinham custo de manutenção mais caro. Chuvas mais frequentes contribuíram para a diminuição da tarifa

Jefferson Moraes
Divulgação

Na última quinta-feira (25), o Ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, anunciou o novo regime, em bandeira verde, da tarifa de energia elétrica em todo o Brasil, a partir do mês de abril. Essa será a primeira vez que a bandeira será usada, desde a criação do sistema de cores, em 2015. Esse método foi criado para avisar o consumidor brasileiro, quando a conta de luz estiver recebendo algum tipo de aumento. Portanto, a partir de abril, o desconto médio na tarifa ficará entre 6% e 7%, um pequeno alívio para o bolso. Durante o mês de março, permanece a bandeira amarela.

Em fevereiro deste ano, o Governo Federal havia anunciado o desligamento de sete usinas térmicas que tinham custo superior a R$ 420 por megawatt-hora (MWh). Um tempo depois, o Governo voltou a se pronunciar, avisando sobre a desativação de mais 14 usinas, com custo acima de R$ 250/MWh. Ao todo, 22 usinas térmicas serão desligadas até abril.

“Agora estamos anunciando o desligamento das usinas térmicas com custo de geração acima de R$ 211. Com isso, a partir de abril, entraremos em regime de bandeira verde. Ao adotar a bandeira verde, deixa-se de cobrar esse ônus. Mas em março a bandeira continuará amarela”, disse o ministro.

O ministro afirmou que, se a situação hidrológica do Brasil continuar sendo positiva, nos próximos meses, mais usinas poderão ser desligadas. “Não é apenas uma questão de redução de consumo. A entrada de energia gerada em novas usinas, como as de Belo Monte, Jirau e Santo Antônio têm contribuído para o desligamento de algumas usinas térmicas”. Em outras palavras, se a frequência das chuvas continuar num ritmo considerável, poderemos ter daqui pra frente, mais usinas térmicas desligadas, pois as usinas hidrelétricas poderão suprir a demanda.

Economia

Em abril, cerca de 5 mil MW jã terão sido desativados do sistema, o que representará uma economia de aproximadamente 10 bilhões de reais por ano.

Bandeiras

Existem quatro tipos de bandeiras: o nível 1 da bandeira vermelha representa um adicional de R$ 3,00/kWh, já o 2 acrescenta R$ 4,50. Na bandeira amarela são adicionados R$ 1,50/kWh e na verde não existe nenhum tipo de acréscimo. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »