15/11/2019 às 08h00min - Atualizada em 15/11/2019 às 08h00min

Cícero Júnior é o novo comandante do Verdinho

Treinador que estava no profissional do Athletic de São João del Rei se apresenta no dia 6 de janeiro

EDER SOARES
Treinador terá o desafio de garantir o acesso do Verdinho à Copa São Paulo de 2021 | Foto: Divulgação

Cícero Júnior é o novo treinador da equipe sub-20 do Uberlândia Esporte Clube. O profissional, de 39 anos, é natural de São João del Rei (MG), onde comandou as equipes profissionais do Athletic e Figueirense, clubes pelos quais também trabalhou como técnico e coordenador das categorias de base. No Athletic, Cícero conquistou o acesso para o Módulo II do Campeonato Mineiro no ano passado. O técnico se apresentará no CT Ninho do Periquito no dia 6 de janeiro. Ele chega para substituir Amaragil Neto, que entrou em um acordo com a diretoria para seguir novos caminhos.

Cícero tem como principal desafio no ano que vem, a disputa do Campeonato Mineiro sub-20, competição em que o Uberlândia foi campeão do Interior no ano passado e conquistando vaga para a Taça São Paulo. Neste ano, o Verdinho terminou a competição na terceira colocação, à frente de Cruzeiro e América. A meta é brigar pelo título e chegar à disputa da Copa São Paulo de 2021.

Outro intuito da diretoria de base do Verdão com a chegada de Cícero Júnior é seguir com a revelação de jogadores para a equipe profissional, como o exemplo deste ano, quando 12 jogadores integraram o elenco da equipe que conquistou o acesso para a elite do futebol mineiro. Para o próximo ano, o número de jogadores da casa no Verdão, na disputa do Campeonato Mineiro – Módulo I, serão de 15 atletas.

Motivado com a nova oportunidade na carreira, Cícero garante que está pronto para assumir o Verdinho. “É um prazer enorme ter recebido esse convite e agradeço à diretoria, pois não é fácil ter uma oportunidade de trabalhar em um clube tão estruturado, como é o Uberlândia, e numa cidade tão boa. Trabalho não vai faltar e vamos fazer de tudo para colocar o Uberlândia, sempre, nos lugares onde ele merece estar”, disse o treinador que tem licenças B e C de cursos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O vice-presidente do UEC e um dos coordenadores das categorias de base, Gilmar Pereira, garante que Cícero foi a melhor opção para atender aos anseios do clube. “A escolha do Cícero veio a calhar em cima daquele perfil para substituir o Neto, ou seja, jovem, mas com uma certa experiência, a gente vê isso pelo currículo dele. Conhecemos o trabalho dele de perto, que veio para preencher todos os requisitos. Ele vê o Uberlândia como uma grande oportunidade, uma vitrine, e será uma união benéfica para ambas as partes”, disse.
 

 








 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »