30/10/2019 às 07h47min - Atualizada em 30/10/2019 às 07h47min

Equipe do Praia Clube é vice-campeã brasileira de natação

Delegação uberlandense conquistou 43 medalhas no Campeonato Brasileiro Paralímpico Absoluto

DA REDAÇÃO
Time paralímpico entra de férias e retorna no final de novembro para retomar os treinamentos | Foto: Praia Clube/Divulgação

A equipe paralímpica de natação do Praia Clube ficou em segundo lugar no Campeonato Brasileiro Paralímpico Absoluto, realizado no último fim de semana no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro (CTPB). Em São Paulo (SP), a equipe uberlandense conquistou resultados históricos e inéditos. Ao todo, foram 43 medalhas, sendo 21 de ouro, 15 de prata e 7 de bronze, além da quebra de quatro recordes brasileiros, 17 recordes do campeonato e 11 recordes pessoais.

Segundo o técnico Alexandre Vieira, foi a melhor exibição dos nadadores praianos individualmente. “Os números foram surpreendentes, uma qualidade técnica altíssima e resultados muito expressivos para todo o grupo. A quantidade de recordes surpreendeu a todos, isso mostra a qualidade dos atletas e toda a dedicação do grupo em juntos defender as cores do Praia Clube”, disse, que foi eleito o melhor treinador da competição.

A atleta Laila Garcia foi o grande destaque da competição no naipe feminino, quebrando três recordes brasileiros e do campeonato em todas as provas que disputou – 50 m, 100 m e 400 m Livre –, além de conquistar o prêmio de melhor atleta absoluta da competição na prova dos 100 m Livre, o que garantiu o troféu de melhor ITC.

Emyly Silva, por sua vez, foi premiada como atleta mais eficiente da competição pela somatória de pontos de suas provas na idade menor de 20 anos e recebeu o troféu de atleta mais eficiente Sub-20.

Mais um destaque foi Gabriel Melone, que fez o tempo de 033”12 na prova dos 50 m Borboleta baixando o tempo estabelecido pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), que é de 033”51. Com a quebra, Melone assegurou vaga na Seleção Brasileira Absoluta no ano que vem. Em 2020, se conseguir manter a marca, estará garantido nas Paralimpíadas de Tóquio.

Os atletas entraram de férias na última segunda-feira e retornam aos treinos no dia 25 de novembro, visando as Seletivas Tóquio 2020.





 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »