03/10/2019 às 07h48min - Atualizada em 03/10/2019 às 07h48min

Surian já trabalha para fechar elenco do Uberlândia para 2020

Treinador diz que clube terá mescla entre base e jogadores experientes

EDER SOARES
Treinador Felipe Surian vai para a sua sétima disputa do Campeonato Mineiro em 2020 | Foto: Fernando Aquino/UEC

Praticamente uma semana depois da apresentação de Felipe Surian como treinador do Uberlândia Esporte Clube (UEC) para a disputa do Campeonato Mineiro, o técnico e o departamento de futebol focam na contratação de peças pontuais para a formatação do elenco, que segundo o diretor de futebol do clube, Fabrício Tavares, está 90% concluído. A apresentação dos jogadores e o início dos trabalhos estão marcados para o dia 3 de dezembro.

Em um papo com a reportagem do Diário de Uberlândia, Surian fez questão de destacar o perfil do time que buscará como metas a permanência na elite estadual e as vagas para a Série D do Brasileiro e Copa do Brasil, ambas para 2021. Como aconteceu no acesso do Módulo II deste ano, o clube deverá contar com a maior parte de atletas oriundos das categorias de base, entre 13 e 14 jogadores, situação que agrada muito ao técnico Felipe Surian, que, segundo ele mesmo conta, gosta de dar oportunidades para jovens promessas. Ele destaca que estes jogadores da casa terão oportunidades.

“Gosto de trabalhar com essa mescla de experiência e juventude, e o clube dá este suporte que precisamos com os jogadores da base. Teremos, junto com essa ‘molecada’, atletas que já foram campeões e vices do Mineiro, experientes, e estamos montando o elenco com perfil de jogadores vencedores. Tudo está muito adiantado, agora é a lapidação final nestas contratações. Tudo será feito com cautela para que possamos acertar nestas contratações finais”, disse Surian, que complementou.

“A base ajuda muito porque tem jogadores com o DNA do clube, raiz dentro do clube, e a gente não consegue acertar 100% na contratação de 30 atletas, vindos todos de fora. Estes atletas da base ajudam também na distribuição dos recursos para a contratação de jogadores mais experientes e com qualidade, e estes mesmos também ajudam nesta transição dos jogadores mais jovens”, afirmou.  

O elenco para o Módulo I de 2020, previsto para começar na segunda quinzena de janeiro, será formado por 27 jogadores, sendo que os nomes serão conhecidos em sua totalidade somente no dia 3 de dezembro. Até o momento, só se tem a certeza de jogadores da base como o goleiro Vinicius, o zagueiro Zé Vitor, o volante Luiz Alexandre, o volante Yuri, os meias Paulo Vitor e Thiago, além dos atacantes Léo e Hugo. Dos atletas experientes e que disputaram o Módulo II deste ano já estão com contratos assinados: o goleiro Diego e os zagueiros Rogério e Tayron.

“Estou indo para a minha sétima edição no Mineiro. Em todas as vezes fiz boas competições, sempre disputando o topo da tabela. O projeto do clube é ambicioso e, junto com o Fabricio, estamos trocando bastante informações. [Com] Alguns atletas conseguimos êxito na contratação e outros não, por questão de valores, e porque o mercado paulista paga muito bem e dificulta na questão de trazer jogadores de alto nível. Mesmo assim estamos conseguindo formar um bom elenco”, disse Surian.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »