28/09/2019 às 10h01min - Atualizada em 28/09/2019 às 10h01min

Mais de 3 mil imóveis são ofertados durante feirão em Uberlândia

Feirão tem 650 imóveis retomados pela Caixa com preços mais baixos; unidades são oferecidas com média de 25% de desconto do valor de avaliação

SÍLVIO AZEVEDO
Leilão conta com unidades variam de R$ 38 mil a quase R$ 2 milhões | Foto: Sílvio Azevedo
Quem for ao Mega Feirão de Imóveis em Uberlândia, que começou ontem e vai até amanhã, no Center Convention, vai encontrar mais de 3.150 unidades disponíveis para venda. Entre esses imóveis estão 650 que a Caixa Econômica Federal (CEF) retomou por falta de pagamentos dos mutuários.

O bairro com mais imóveis retomados e que estão à venda pela Caixa é o Shopping Park, com 63 unidades. Isso pode ser reflexo do grande número de empreendimentos lançados pelo programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Em seguida vem o Jardim Holanda, com 21 unidades, Jardim Canaã, 17, Panorama, 14, Chácaras Tubalina e Quartel, 13 cada, Jardim Europa, 12, e Alto Umuarama, com 11. Os valores variam entre R$ 38.320,39 e R$ 1.956.273,34.

Para vender esses imóveis que não são novos, a Caixa faz uma avaliação e oferece descontos médios de 25% no preço e ainda financia 95% do valor. É uma forma de liquidar ativos que são frutos da inadimplência e que também não foram adquiridos em leilões anteriores realizados pelo banco.

“Tem todo tipo de imóvel. Tem casa no valor de R$ 1 milhão. Todo tipo de financiamento feito na Caixa e que os pagamentos não foram honrados. O banco executou na Justiça, retomou os imóveis e precisa desfazer disso. São imóveis que foram levados a leilão, não foram vendidos e a gente coloca à venda direta”, disse o superintendente regional da Caixa, Luís Carlos Alves.

Quem se interessar pelos imóveis da Caixa, deve procurar o estande do banco e conhecer os imóveis e as condições de financiamento.
 
Imóveis novos
O Mega Feirão é organizado pelo Sindicato da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP) e conta com a presença de 18 construtoras associadas que pré-aprovaram junto à Caixa 2.500 imóveis novos. Para realizar o financiamento de até 80% dos imóveis, a Caixa disponibilizou R$ 450 milhões.

De acordo com o presidente do Sinduscon-TAP, Panayotes Tsatsakis, é uma forma de movimentar o mercado imobiliário e dar a oportunidade de as famílias conquistarem o sonho da casa própria.

“Quando movimentamos qualquer ação, o que esperamos é gerar negócios. E isso cria novas oportunidades de emprego, distribuição de renda, consumo e moradia digna. Existe toda uma cadeia positiva que é gerada quando as promoções que nós fazemos alcança seu sucesso”, explicou.

Uma das construtoras presentes é a Marca Registrada, que levou para o Feirão 480 unidades para comercialização, com preços que variam entre R$ 128 mil e R$ 160 mil. “A expectativa é bastante promissora, pois o mercado está em expansão, a economia começa a ter um movimento satisfatório e a construção civil gera vários empregos e permite que isso aconteça. Eu acredito que teremos muito sucesso aqui”, disse o gestor comercial da construtora, Alexandre Hamilton de Lima.

Quem realizou o sonho de comprar a casa própria logo no primeiro dia de feirão foi a cuidadora Keila Maria Martins. Ela conseguiu encontrar um imóvel que lhe atendia e fechou negócio ali mesmo. “Eu estava esperando o feirão. Graças a Deus consegui meu apartamento, que era um sonho. Estou muito feliz. Agora saio do aluguel e vou para meu cantinho próprio. É uma sensação muito boa, de realização”.

O Mega Feirão de Imóveis acontece hoje, das 10h às 20h e amanhã, das 10h às 17h. Os interessados em adquirir um imóvel devem levar os documentos pessoais (RG e CPF), comprovante de renda e comprovante de residência atualizados.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »