19/09/2019 às 16h47min - Atualizada em 19/09/2019 às 16h47min

Evento do Exército reforça saúde no bairro Monte Hebron

Atendimento médico foi um dos serviços oferecidos, como reforço, pelos militares do 36º Batalhão em Uberlândia

VINÍCIUS LEMOS
Ação ocorreu nesta quarta-feira (18) na UBSF do bairro | Marco Crepaldi/Secom/PMU
Aproximadamente 50 militares do 36º Batalhão de Infantaria Mecanizado (BIMec) promoveram uma ação na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) no bairro Monte Hebron, zona oeste de Uberlândia, nesta quarta-feira (18). Segundo os moradores, essa foi a primeira ação do tipo no local, o que ajudou no atendimento da unidade e trouxe entretenimento ao lugar.

Médicos, técnicos e demais militares reforçaram o atendimento na UBSF e seguiram com agentes de saúde pelas ruas do Monte Hebron para colaborar nos atendimentos aos moradores nas residências. A médica e tenente do 36º BIMec, Maria Luiz Santos Pacheco, afirmou que o evento lhe trouxe não só a oportunidade de ajudar unidade como também de exercer uma parte diferente de sua formação.

"Como militar, é uma honra porque se trata dos preceitos do Exército o auxílio à comunidade. Como médica, é uma forma de retribuir a formação e ter tempo de relembrar de atividades que não exercemos no diariamente no Exército”, afirmou.

Além do atendimento médico, o Batalhão levou empresas parceiras na área da saúde e distribuiu kits de higiene bucal. Houve também uma palestra rápida aos pacientes que foram à UBSF durante a manhã. “Esse projeto chamamos de Saúde no Bairro. Selecionamos o Monte Hebron, mas já fizemos em outros bairros. Periodicamente, realizamos um dia diferente com banda, brincadeiras, exposições, trazemos uma médica ou médico do Batalhão para auxiliar no atendimento, além de doações”, disse o comandante do 36º BIMec, Carlos Augusto Morgero.

Parceiros do projeto fizerem cortes de cabelo, brincadeiras e pinturas para as crianças, além de haver a exposição do próprio Batalhão em tendas na unidade de saúde do bairro. “Trazem vários serviços e atividades extras. A comunidade gosta muito e (o evento) traz a população para a unidade. Temos hoje 30 profissionais (na UBSF) e os profissionais do Exército nos ajudam”, disse a gerente da unidade, Lorena Afonso Borges.
 
POPULAÇÃO
Com a UBSF cheia por conta do evento, Flavia Rodrigues Carlos aprovou o reforço no atendimento. Ela levou a filha de 10 meses para uma consulta. “Algo diferente que proporciona alguma coisa para os moradores, porque mal temos o postinho e temos pouco benefício, e isso pode nos proporcionar um pouco de alegria”, disse.

A dona de casa Maria Auxiliadora Beraldo Xavier foi à unidade não para receber atendimento, mas pelo evento para que neto pudesse participar das atividades extras. “Estávamos precisando desse tipo de ação, é diferente. Foi a primeira aqui no postinho. Pode haver mais para a gente aqui no bairro”, afirmou.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »