09/09/2019 às 14h44min - Atualizada em 09/09/2019 às 14h44min

Casal vive últimas experiências no Tocantins e parte rumo ao Maranhão

Nesta semana, Mayara e Ederson relatam os últimos dias no estado

MAYARA PELEGRINI E EDERSON MACHADO
Aventura do casal começou no dia 24 de junho | Foto: Arquivo Pessoal
Nesta semana, Mayara Pelegrini e Ederson Machado contam para vocês como foram as últimas experiências no estado de Tocantins. Após dias intensos, com direito a lugares maravilhosos e muitos perrengues, o casal uberlandense colocou a kombi na estrada novamente rumo ao estado do Maranhão.  
 

O casal começou essa aventura no dia 24 de junho e já conheceu lugares incríveis que o Brasil tem a oferecer. O objetivo deles é chegar nos Lençóis Maranhenses, depois voltar para Uberlândia e terminar de explorar as regiões sudeste e sul do país. Veja abaixo o diário de viagem desta semana do De Boas na Kombi. 

“Após uma semana bastante intensa no Jalapão, com direito a caronas, lugares maravilhosos, novos amigos, emergência médica e muitos perrengues, ficamos em Palmas por três semanas, até que a infecção nos rins da Mayara fosse 100% tratada. 

Ficamos todo esse tempo na casa da Camila, prima do meu cunhado que nos recebeu de braços abertos. Ela nos acolheu em sua casa durante todo esse tempo, nos fazendo sentir completamente à vontade. Ficou com a Mayara no hospital no dia em que chegamos, deixou a Khaleesi ficar alguns dias na casa dela por causa do calor e só temos a agradecer aos conselhos, cuidados, conversas e infinitas coisas que só foram possíveis por causa dela. 

Minha irmã (Débora) e meu cunhado (Breno) vieram nos visitar e com eles passamos uma semana, com a Mayara ainda se recuperando. Como foi bom voltar a conviver com pessoas que amamos, estar em família e sentir que temos pessoas pra onde voltar. 

Palmas é uma capital planejada, bastante organizada, com estrutura, segura, sem congestionamentos e muito bonita, e ainda com um ritmo de vida do interior. O único ponto que não conseguimos lidar bem é com o calor da cidade (é muuuiiiito quente). 

Aproveitamos bastante a vida como morador na cidade, fomos nas feirinhas comprar frutas e verduras, viver um pouquinho da cultura local. Em um dos shoppings da cidade aproveitei para trabalhar alguns dias no coworking gratuito e com ar condicionado (impossível concentrar no calor de Palmas hehehe). 

A cidade é banhada pelo Rio Tocantins, onde presenciamos belos pores do sol na Praia da Graciosa. Uma ótima experiência foi fazer stand up paddle e remar até o meio do rio, com um pôr do sol maravilhoso visto de outro ângulo. 




Com a Mayara já praticamente recuperada, fomos até a Lagoa do Japonês com a Débora e o Breno. O lugar é uma paz, com uma lagoa extremamente limpa e bonita, em um tom azul maravilhoso. 

Quando recebemos a notícia que a Mayara estava curada, ficamos extremamente felizes e no outro dia cedo já saímos para a estrada, estávamos com muita saudade da nossa rotina. 

Paramos em Lajeado, na Praia do Segredo, um local público com uma estrutura bastante boa e uma prainha muito bonita. Passamos a noite lá e, no outro dia, partimos sentido Maranhão. 

Foram dois dias de estradas com muito caminhão. Conversamos bastante sobre como não fazíamos ideia do que iríamos viver nessa viagem. O Tocantins, por si só, já valeu ter largado tudo para poder morar em uma Kombi e conhecer esse país maravilhoso que é o nosso. 

Foi um estado que nos conquistou. Passamos perrengues, conhecemos pessoas incríveis e os lugares cada um mais lindo que o outro. 

O Tocantins marcou nossa vida de um jeito muito profundo, aqui vivemos tudo de forma bastante intensa. Seguimos para o Maranhão, com certeza, muiiiiiiiiito diferentes do que quando entramos nesse estado. Cada prainha de rio, cada pessoa que conhecemos, o Jalapão, tudo aqui tem um lugarzinho afetivo nas nossas vidas e que já está deixando saudades.” 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »