21/07/2019 às 08h30min - Atualizada em 21/07/2019 às 08h30min

A turma mais fofa do Brasil

“Turma da Mônica – Laços” bate 1,5 milhão de espectadores e tem sequência confirmada

ADREANA OLIVEIRA COM FOLHAPRESS
Cascão (Gabriel Moreira), Mônica (Giulia Benite), Magali (Laura Roseo) e Cebolinha (Kevin Vechiatto) | Foto: Divulgação

Em dezembro de 2018, durante a CCXP em São Paulo, muitas eram as ofertas para o público geek. Uma infinidade de artistas e atrações do mundo todo para acompanhar, curtir e tentar aquele autógrafo. Mas, para quem é brasileiro, é impossível não sentir um certo orgulho ao ouvir, do lado de fora de um auditório lotado com mais de três mil pessoas, a acolhida ao elenco do filme “Turma da Mônica – Laços”, que viria a ser lançado em julho deste ano.

Emoção foi o que não faltou durante o painel que contou com a participação do diretor Daniel Rezende, Mauricio de Sousa, o responsável pelo sucesso que é a marca Turma da Mônica e sua filha, a própria Mônica. As histórias que começaram a ser publicadas em 1959 com Franjinha e Bidu, em 1960 ganhou Mônica e Cebolinha. Na época, ao falar do filme em live action que dali a pouco mais de seis meses chegaria as telonas, Mauricio contou que não segurou as lágrimas.

Diante de cerca de 3 mil pessoas Maurico comentou que ao olhar para os atores, ali do seu lado, via exatamente os personagens que criou. E ele ainda entregou: “Eu não consegui ver inteiro, vi uma metade e a outra assisti chorando".

E as crianças, que passaram por uma peneira que 2,4 mil crianças para o teste de elenco, deixam o criador orgulhoso. Giulia Benite (Mônica), Kevin Vechiatto (Cebolinha), Laura Rauseo (Magali) e Gabriel Moreira (Cascão), assim como Mônica e Maurício, ainda participaram de outras ações na CCXP para as quais a procura era tão grande quanto para a visita ao espaço de Game of Thrones.
“Turma da Mônica – Laços” está em cartaz nas redes Cinépolis e Cinemark, em Uberlândia. Confira os horários do filme na Agenda Cultural do Diário.

SUCESSO
E o que era expectativa naquele dezembro se consolidou como sucesso de público e crítica. Esse primeiro live action da Turma da Mônica nos cinemas, com 21 dias em cartaz, completados no último dia 17, já foi visto por mais de um 1,5 milhão de espectadores e tem agradado a um público de diferentes gerações, desde os adeptos dos quadrinhos às crianças que tiveram o primeiro contato com a franquia pelo “Turma da Mônica – Toy”.

Por ter alcançado a meta de 1 milhão, os produtores já confirmaram que “Laços” terá uma sequência. Ainda não há uma previsão de data. Rezende, ainda durante a CCXP, deixou escapar que a primeira ideia seria ter uma trilogia.

"Laços" é o primeiro longa com atores inspirado nos personagens de Mauricio de Sousa, fruto de uma adaptação da HQ homônima dos irmãos Lu e Vitor Cafaggi. A versão foi lançada em 2013 como parte da série Graphic MSP, na qual artistas de diferentes estilos recriam as histórias dos personagens. Nela, acompanhamos Mônica, Cascão e Magali ajudando Cebolinha a encontrar Floquinho, seu cachorro verde que desapareceu misteriosamente.

Para levar a trama ao cinema, adaptações foram feitas em relação ao gibi. O coelho de pelúcia Sansão ganhou novo visual, os pais do quarteto se tornaram mais presentes.

A trama acompanha o quarteto em busca de Floquinho, cachorro verde de Cebolinha que desapareceu da noite para o dia. Enquanto investiga, a turminha descobre que outros animais da cidade estão sumindo. Além dos atores mirins já citados, o filme conta ainda com nomes como Mônica Iozzi, Paulo Vilhena e Rodrigo Santoro, que interpreta o Louco.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »