18/05/2019 às 08h19min - Atualizada em 18/05/2019 às 08h19min

Uberlândia recebe nova edição do Community Day de Pokémon GO com ato de solidariedade

Jogadores poderão trocar 1kg de alimento não perecível pelo pokémon Meltan; evento que chega na 17ª edição acontecerá neste domingo (19)

BRUNA MERLIN
Jogo Pokémon GO une diversas pessoas durante o Community Day | Foto: Reprodução/Internet
Unir jogadores, trocar experiências e praticar solidariedade: esses são os objetivos do próximo Community Day de Pokémon GO, que será realizado em Uberlândia neste domingo (19). A expectativa é que o evento reúna mais de 500 pessoas para capturarem pokémons.

O Community Day de Pokémon GO acontece mensalmente em todo o mundo desde janeiro de 2018. Ele visa reunir o número máximo de treinadores e jogadores para aumentar as chances de um pokémon especial aparecer para ser capturado. Neste mês, o selecionado para o evento é o Torchic.

Em Uberlândia, a ação chega na 17ª edição e, desta vez, contará com doações de alimentos não perecíveis. A arrecadação será destinada a duas instituições da cidade, a Núcleo Servos Maria de Nazaré e O Lar Espírita Maria Lobato.

“Existe um pokémon chamado Meltan que todo jogador almeja, mas a única forma de captura-lo é através do jogo Lets Go do Nintendo Switch. Como poucas pessoas têm o videogame, a nossa ação será voltada para isso. Se o jogador levar 1kg de alimento, ganhará o Meltan”, explicou um dos organizadores do evento e criador da Comunidade de Pokemon Go de Uberlândia, Diogo Johnny Magalhães Alves.

A cidade receberá três pontos de caçada pelo Torchic, o campus Santa Mônica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), o Parque do Sabiá e o Centro. A realização será das 15h às 18h.

Já a troca de alimentos pelo pokémon Meltan será feita somente na UFU, em frente à entrada da biblioteca. O horário é das 13h às 14h30.

Mais informações sobre o evento e da Comunidade de Pokémon GO podem ser obtidas através do Instagram do grupo.


MAIS QUE UM JOGO
Jogadores Pokémon GO

Jogadores Pokémon GO


Jogadores de Pokémon GO acreditam que jogo vai além do que capturar “bichinhos” | Foto: Arquivo pessoal


O jogo de celular Pokémon GO foi lançado em 2016. O ato de capturar “bichinhos” em vários lugares do mundo e em tempo real conquistou milhões de amantes, mas, para muitos jogadores, a paixão supera o game.

Além de organizador do evento Community Day de Uberlândia, Diogo Johnny Magalhães Alves de 30 anos, é apaixonado pelo desenho desde criança. “Eu sou fissurado por tudo que significa o mundo Pokémon. É uma coisa de amor que vai além do jogo. Tive problemas de saúde e foi esse universo que me ajudou a superar. Além disso, ganhei uma nova família”, disse ele.

Vitor Precioso de 26 anos acompanha o jogo desde o lançamento e já acumulou cerca de 1 mil pokémons. Para ele, a experiência alivia o stress e possibilita conhecer gente nova para trocar ideias.

“Sabe aquela coisa que não diferencia se você é novo, velho, índio ou japonês? Toda hora você encontra alguém diferente com histórias diferentes e isso te ensina sobre respeito e companheirismo”, ressaltou o especialista de mídia digital.

Já André Vieira, de 32 anos, reserva um tempo para jogar todos os dias e também acredita que não existe nada melhor para aproximar as pessoas. “É a minha válvula de escape da rotina do dia a dia. O jogo me faz sair do sofá para caminhar no parque e conhecer gente nova, que não conheceria em outro lugar”, disse.


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »