24/04/2019 às 17h35min - Atualizada em 24/04/2019 às 17h35min

​Uberlândia ocupa segunda posição em índice de ensino fundamental regular

Cidade de Araxá foi a única do estado, entre municípios acima de 100 mil habitantes, que cumpriu a universalização do ensino em 2017

DA REDAÇÃO
Em 2017, cidade atendeu a meta em 97,95% entre os municípios acima de 100 mil habitantes | Foto: Divulgação/PMU
O município de Uberlândia está a quase dois pontos percentuais de atingir 100% da meta de universalização do ensino fundamental de nove anos para alunos de seis a 14 anos. O dado foi divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE) nesta terça-feira (23) e é referente ao ano de 2017.

O sistema verifica se as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) estão sendo atendidas pelos gestores públicos dentro dos prazos definidos na legislação. Neste caso, a meta 2 do PNE prevê a garantia de que pelo menos 95% dos alunos concluam a etapa de ensino dentro da idade recomendada até o último ano de vigência do Plano, que é em 2024.

Uberlândia atendeu a meta em 97,95% e ocupa a segunda posição do ranking que considera as cidades mineiras acima de 100 mil habitantes, com população de seis a 14 anos que frequenta o ensino fundamental regular. O Diário de Uberlândia procurou a 
Secretaria de Estado de Educação para mais informações sobre o tema, porém não houve retorno. 

Segundo o levantamento, apenas Araxá, localizada no Alto Paranaíba, universalizou o ensino fundamental no ano de aferição dos dados dentro do grupo de municípios. Na terceira colação aparece Uberaba 94,81% da meta e, em seguida, Conselheiro Lafaiete e a capital Belo Horizonte com 93,31% e 90,30%, respectivamente.

A ferramenta TC Educa é mantida pelo Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB) e utiliza como fonte de dados o Censo Escolar (INEP/MEC) e a estimativa populacional, elaborada pelo DATASUS, com base no Censo Populacional 2010 do IBGE. 

* A reportagem foi atualizada às 17h45 desta quinta-feira (25). 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »