16/04/2019 às 07h55min - Atualizada em 16/04/2019 às 07h55min

Colégio Nacional/Praia é campeão da Taça Brasil

Time comandado por Marcelo Duarte não perdeu nenhuma partida e teve melhor ataque e defesa menos vazada no torneio

EDER SOARES
Equipe de Uberlândia bateu o Sport na capital pernambucana na final da competição (Praia/Divulgação)
Cansados, mas felizes pelo título da Taça Brasil de Futsal sub-17, os garotos do Praia Clube/Colégio Nacional já estão em Uberlândia aproveitando a semana que terão pela frente para descansar e curtir a família. A equipe praiana, que não perdeu nenhuma partida, bateu na final o Sport Recife (PE), por 5 a 1, em pleno Ginásio do Centro Esportivo Santos Dumont na capital pernambucana.  Os uberlandenses terminaram a competição com a defesa menos vazada (apenas 4 gols sofridos) e o melhor ataque (com 31 gols marcados).

Os gols do título praiano foram assinalados por Neto (2), Ostinha, Natan e Hugo, enquanto Deyvson descontou para o Leão da Ilha. Esta foi a segunda vez que o Praia Clube se sagrou campeão da Taça Brasil. O primeiro título veio em 2013 e depois ainda um vice, ano passado. “Estamos muito felizes não só com a campanha que fizemos, mas também por ter vencido uma grande equipe e jogando na casa deles. Acho que nem tem como descrever tamanha felicidade. Agora é descansar e curtir mais este momento”, disse Neto.

A campanha do Praia até o título foi irretocável. Na primeira fase, o time venceu os cinco adversários, incluindo o Sport, na última rodada, por 2 a 0. Já na semifinal, diante do São José (SC), a equipe não tomou conhecimento e goleou por 4 a 0. Na grande decisão, mais um resultado expressivo por 5 a 1. Tudo isso fruto de uma estratégia coletiva montada pelo técnico Marcelo Duarte, o Morcego e os atletas.

"Estávamos treinando em Uberlândia com a base saindo de cinco em cinco minutos. Era uma estratégia boa, mas os atletas pediram para fazermos de três em três minutos e deu certo. Sem desmerecer o Sport, que tem uma grande equipe, mas o nosso plano foi eficiente e venceu a equipe que estava mais descansada. Foi uma grande conquista", afirmou o técnico da equipe, Marcelo Duarte, o Morcego.

FINAL

O domínio foi dos visitantes na etapa inicial com controle e mais posse de bola. Foi assim que o Praia Clube obrigou Léo, do Sport, a fazer grandes defesas. Quando o goleiro rubro-negro não salvou, o lance parou na trave. O Leão tentou equilibrar as ações com o decorrer do tempo, mas esbarrou na forte marcação mineira. O artilheiro Deyvson até tentou, porém, não conseguiu dar vantagem aos pernambucanos e, assim, ninguém balançou as redes até o intervalo.

O bom desempenho do Praia deu resultado assim que a bola voltou a rolar na volta do intervalo. Após boa jogada de Hugo, Neto recebeu na entrada da área e finalizou para abrir o placar: 1 a 0. Mesmo em vantagem, os mineiros seguiram na pressão e ampliaram o marcador em um golaço, outra vez de Neto num arremate do meio da quadra sem chances para o goleiro Léo.

Ao Sport só restou a opção de ir para cima do adversário de qualquer forma. A tentativa surtiu efeito e Deyvson, artilheiro da competição com nove tentos, diminuiu o placar para 2×1. No entanto, nem deu tempo para comemorar. Para evitar qualquer susto e confirmar o título, o elenco preto-amarelo marcou três gols em sequência com Ostinha, Natan e Hugo, levantando o troféu da Taça Brasil Sub-17 após o apito final.
 
Números da XI Taça Brasil de Futsal Sub-17
Jogos realizados: 28
Total de gols: 171
Média de gols por partida: 6,10
Melhor ataque: Praia Clube com 31 gols
Melhor defesa: Praia Clube com 4 gols sofridos
Artilheiro: Deyvson (Sport) com 9 gols
Prêmio Fair Play: Praia Clube
 
Campanha do Praia Clube
 
1ª FASE
CADET-RN 0 x 4 Praia Clube/Colégio Nacional
Praia Clube/Colégio Nacional 3 x 2 Londrina-PR
Limoeiro-CE 1 x 3 Praia Clube/Colégio Nacional
Marroia-TO 0 x 10 Praia Clube/Colégio Nacional
Sport-PE 0 x 2 Praia Clube/Colégio Nacional

SEMIFINAL
Praia Clube/Colégio Nacional 4 x 0 São José-SC

FINAL
Praia Clube/Colégio Nacional 5 x 1 Sport-PE
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »