11/04/2019 às 18h32min - Atualizada em 11/04/2019 às 18h32min

Jovem preso na ocorrência de sequestro de bebê é solto em Uberlândia

Namorada dele, de 15 anos, confessou o crime e permanece detida; fato foi nesta quarta-feira (10) no bairro Morumbi

CAROLINE ALEIXO
Casal foi preso pela Polícia Militar nesta quarta-feira (10) em Uberlândia | Foto: Diário de Uberlândia
O jovem de 29 anos que foi preso por ser suspeito de sequestrar um bebê no bairro Morumbi, em Uberlândia, foi solto na tarde desta quinta-feira (11). Segundo a Polícia Civil, ele não tem envolvimento com o caso e teria sido enganado pela namorada. A menor, de 15 anos, confessou o crime e permaneceu detida.

De acordo com as informações repassadas pela assessoria de comunicação da Polícia Civil, o casal foi ouvido durante a tarde pela delegada de plantão Daniela Novais. Nos depoimentos, a delegada entendeu que o jovem não tinha participação no crime. A adolescente confessou que sequestrou a menina de quatro meses para enganar o namorado como sendo a filha dos dois. Ela ainda confirmou que o rapaz não sabia de nada.

A polícia então liberou o jovem e ratificou o auto de apreensão da menor pelos crimes de sequestro e subtração de incapaz.  A autora será submetida à Promotoria da Vara da Infância e Juventude e, em seguida, a Justiça irá decidir ou não pelo encaminhamento dela ao Centro Socioeducativo de Uberlândia (Ceseu).

SEQUESTRO
O crime foi registrado depois que a mãe da criança acionou a Polícia Militar (PM) informando o sumiço da filha. A mulher havia sido contratada pela menor para fazer faxina na casa dela e levou a bebê e o outro filho, de três anos, por não ter com quem deixá-los.

Em determinado momento, a moradora disse que iria sair para fumar um cigarro e levou a bebê com ela, fugindo em um carro vermelho. Os policiais fizeram buscas e encontraram a autora junto à menina e o namorado na avenida Rondon Pacheco, na altura do bairro Santa Mônica. O casal foi detido e levado para a Delegacia de Polícia Civil onde ficaram até a tarde de hoje.

A criança não sofreu ferimentos e ficou com a mãe ainda nesta quarta. A Polícia Civil irá instaurar inquérito para apuração dos fatos e indiciamento da responsável.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »