15/03/2019 às 08h23min - Atualizada em 15/03/2019 às 08h23min

Jadir Júnior celebra 2 anos no rádio

ADREANA OLIVEIRA
Jadir Júnior começou no colunismo social antes de terminar a faculdade | Foto: Kaká Fotografias
O jornalista Jadir Júnior chega hoje à marca de dois anos de seu programa de rádil, “Compartilhando”, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 13h pela Líder FM. O profissional, também colunista do jornal Diário de Uberlândia e responsável pelo “Blog do Jadir”, acredita que a atuação em multiplataformas é essencial nos dias de hoje. “Eu comecei a atuar no colunismo social enquanto ainda terminava a faculdade de Jornalismo, há três anos, e nas colunas do Diário, por exemplo, o teor dos textos segue a linha editorial do jornal, é diferente de produzir para o blog”, afirmou.

Perto de realizar a edição 730 no rádio, ele conta que que antes de chegar ao estúdio desempenhava outras funções na emissora. “Entre 2016 e 2017 houve um alvoroço na mídia uberlandense, muita gente mudando de empresa, jornal fechando e a partir do conteúdo que viam no meu blog me convidaram para apresentar o ‘Compartilhando’”, recorda.

O nome é da rede e foi decidido mantê-lo aqui na cidade e aos poucos chegou ao formato que é hoje. “O rádio é muito dinâmico e o feedback instantâneo dos ouvintes fazem com que tenhamos que tomar decisões rápidas. No início, por exemplo, chegávamos a ter entrevistas com duração de uma hora, isso hoje caiu para 15 minutos”, disse ele.

Com foco nas fofocas sobre celebridades, além das entrevistas, o programa tem música e um conteúdo voltado para o horário em que é apresentado. “Temos que pensar em como tornar mais leve a vida o ouvinte que está no carro, indo ou voltando do almoço, indo levar os filhos pra escola. Já houve um preconceito muito grande quanto a fofoca, mas isso mudou. Todo mundo quer saber sobre o que tem feito a Bruna Marquezine, o Neymar, quem ficou com quem e também é preciso entender que o artista não deve ser colocado num pedestal, ele é gente como a gente”, disse.

A participação pelas redes sociais é intensa e muitas estratégias como distribuição de prêmios são usadas para torna-las mais atrativas. “As pessoas gostam também quando leio toda a mensagem delas. Não é só mandar um beijo e pronto. Levo ao ar questionamentos, críticas e sugestões dos ouvintes”, disse Jadir.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »