08/03/2019 às 08h01min - Atualizada em 08/03/2019 às 08h01min

Clube soroptimista de Uberlândia completa 23 anos e em breve terá sua 1ª sede

Grupo compartilha experiências e é um dos 26 clubes existentes no Brasil

ADREANA OLIVEIRA
Terezinha Magalhães, Janine Castro Santos e Ivoneide Ferreira de Maria | Foto: Adreana Oliveira
Quando um grupo de mulheres se junta para compartilhar histórias, conhecer diferentes realidades e ajudar a outras meninas e mulheres, qualquer tempo estabelecido para a reunião é pouco. Elas começam a conversar e quando alguém se lembra de olhar no relógio, já é quase o dia seguinte.

Em algumas organizações, essa conversa tem foco, programação e objetivos a serem alcançados. É o caso das reuniões do Clube Soroptimista Internacional (SI) de Uberlândia, que apesar dos 23 anos de atividade, ainda é desconhecido por muita gente. É como algo que você sabe que está ali, acha que sabe o que é, mas no fim das contas não tem noção do trabalho realizado. E nada melhor do que este Dia Internacional da Mulher para falarmos sobre isso.

Braço uberlandense do Soroptimist International, o SI Uberlândia é um dos 26 clubes existentes no Brasil. Em Minas Gerais são somente dois, o daqui e o de Araguari. “Em 2021 a entidade, que surgiu na Califórnia, Estados Unidos, completa 100 anos. Ela tem conseguido cada vez mais espaço ao redor do mundo”, disse Janine Castro Santos, presidente do SI Uberlândia, que recebeu a reportagem do Diário de Uberlândia em sua casa, junto com outras duas das 17 integrantes do clube: a advogada Terezinha Magalhães, ex-Secretária de Cultura de Uberlândia, e a artesã Ivoneide Ferreira de Maria.

Janine Santos disse que, quando surgiu, o SI cobria a América do Sul, sendo que só em 1996 foi criada a “Região Brasil”. O primeiro SI brasileiro foi fundado por Bertha Lutz, em 1947, no Rio de Janeiro, cidade que hoje está desprovida da instituição. “As pessoas vão envelhecendo e pode não haver renovação. Essa é uma árdua tarefa nossa, tornar o clube e suas ações conhecidos e atrair mais sócias”, conta Janine.

Para ter um clube soroptimista é necessário pagar uma mensalidade de valor simbólico – atualmente, na casa dos R$ 40 - para a Soroptimist International. Por se tratar de uma instituição de serviços voluntários, essa mensalidade ajuda com as despesas dos projetos das soroptimistas, sempre voltados para ajudar a melhorar a vida de mulheres e meninas.

“Eu entrei há pouco mais de um ano e adorei conhecer essas mulheres maravilhosas. Elas são inspiradoras. Quando você começa a participar, fica cada vez mais comprometida”, disse Ivoneide. Atualmente, elas são tutoras de jovens na faixa etária de 15 e 16 anos de uma escola pública de Uberlândia, em projetos como o Sonhe e Realize.

“Elas precisam entender que só sonhar não adianta, é preciso atitude para realizar esse sonho”, comenta Terezinha Magalhães, advogada e vice-presidente da SI Uberlândia. “Nós sempre atuamos em grupos e não nos colocamos acima dessas jovens. Estamos ali para ajuda-las, por exemplo, a escolher uma profissão. Levamos profissionais renomados para conversar com elas sobre os prós e os contras de cada ofício”, explicou.

Ivoneide é tutora de uma garota que sonha em trabalhar com arte, mas cujo pai quer que ela seja médica. “Não dizemos o que é melhor ou pior. Ela vai conhecer um profissional de cada uma dessas áreas, conhecer um pouco do seu dia a dia e a partir daí, quem sabe, poderá ter mais independência e argumentos para defender a própria escolha”, disse Ivoneide.

Segundo a artesã, o importante são pequenas atitudes que podem levar a grandes resultados. “Não é por que ninguém está vendo o que você está fazendo que deixa de ser importante”.

O CLUBE

O Clube funciona com uma estrutura definida, que vem desde a matriz norte-americana. O calendário de atividades inclui um congresso anual, que neste ano acontecerá em Araguari, entre os dias 25 e 27 de abril, e encontros, que debatem, além das profissões, direitos trabalhistas, violência contra a mulher e tráfico de mulheres.

“Esses encontros são ótimos para conhecermos as colegas de outros clubes, seus projetos e replicar o que é positivo”, disse Janine. A divisão de tarefas vai desde a agenda social e finanças até administração das redes sociais na internet. A duração da presidência é bienal, como em instituições como o Lyons Clube. A mudança na presidência ocorre sempre no meio do ano, quando a vice ocupa o lugar da presidente. “Porém, no início do ano da transição, já é preciso eleger uma vice para a nova administradora”, explica Janine.

Tem também o cargo de Governadora da região e Janine afirma que deve ser de um SI forte, porque receberá mais verba para administrar e precisa viajar bastante. As soroptimistas uberlandenses esperam que, a partir desta reportagem, por exemplo, outras mulheres se interessem em fazer parte do clube, que tem entre seus lemas a frase: “sororidade é não deixar nenhuma para trás”.

“Não nos colocamos como melhores que ninguém, esse não é um clube elitista, nosso papel é emprestar nossos conhecimentos para ajudar e transformar, para melhor, vidas de mulheres, meninas e consequentemente de suas famílias”, disse Terezinha.

Para elas, outro ponto positivo dos encontros, principalmente durante os projetos desenvolvidos ao longo do ano, é a convivência entre pessoas de diferentes gerações e o convívio de fato, olho no olho, diferentemente do contato distante e frio instigado pela vida moderna.

SEDE PRÓPRIA

O Clube Soroptimista Internacional de Uberlândia recebeu uma boa notícia em fevereiro deste ano. A entidade finalmente ganhou um imóvel para ser sua sede, no bairro Fundinho, onde funcionou por muitos anos o espaço do grupo Faz de Conta, da inesquecível Vovó Caximbó, de Maria Inês Mendonça. O decreto 19.960 assinado pelo prefeito de Uberlândia foi publicado no dia 6 de fevereiro e outorga a permissão de uso, a título precário e gratuito ao Clube Soroptimista Internacional de Uberlândia, do imóvel na praça Doutor Duarte.

“Foi muita luta para conseguirmos essa sede e agora começa uma outra, a da reforma. Mas acredito que esse espaço próprio ajudará com que nós alcancemos ainda mais pessoas”, disse Terezinha.

MULHER DESTAQUE

Um dos projetos do SI Uberlândia é homenagear mulheres que de alguma forma, por meio de seu trabalho ou atuação na sociedade, ajudam a melhorar a vida de outras mulheres e meninas, e também são inspiradoras. É o “Mulher Destaque”, que neste ano acontece no dia 25 de março, na Câmara Municipal de Uberlândia.
 
SAIBA MAIS
Soroptimist é a junção de duas palavras. Sóror (irmã) e Otium (o melhor), significa “irmãs para o melhor”
 
Programas Soroptimistas
*Viva o seu sonho: Educação e capacitação para mulheres
*Sonhe, realize: apoio profissional para meninas
*Soroptimistas celebrando sucesso
*Combate ao tráfico de mulheres
*Combate à violência doméstica
 
Contatos do SI Uberlândia:
soroptimistbrasil.org e Facebook: soroptimistauberlandia
 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »