28/02/2019 às 07h55min - Atualizada em 28/02/2019 às 07h55min

Seguro viagem é opção para os dias ausentes

Pacotes variam de R$ 3 a R$ 7 diários para viagens nacionais e até R$ 40 em internacionais

NÚBIA MOTA
Paulo: Imprevistos acontecem, independentemente da distância ou da duração da viagem
Faltam apenas 2 dias para o Carnaval e a viagem certamente já está decidida, mas ainda há tempo de tomar alguns cuidados que vão além de checar a segurança do veículo e da casa. De dentro do avião ou do próprio carro, é possível adquirir um seguro viagem e se precaver, caso aconteça algum transtorno, como um problema de saúde, um acidente ou um extravio de bagagem. Os preços são bem em conta diante da tranquilidade de curtir o feriado sem medo e dos possíveis gastos quando se está descoberto. No caso de viagens nacionais, o investimento gira em torno de R$ 6 a R$ 7 por dia para pacotes mais completos e R$ 3 para os mais simples. Para viagens internacionais, os valores vão de R$ 12 a R$ 40.

Segundo Paulo Marchetti, Ceo da ComparaOnline, plataforma que compara produtos financeiros e seguros, quem está acostumado a sair do Brasil, principalmente rumo à Europa, já contrata o serviço, por ser obrigatório para aqueles países ou, no caso de outros destinos, por receio de que aconteça alguma coisa em um local desconhecido. Mas também é possível fazer o seguro para viagens a partir de 150 km de distância. “Talvez o seu plano de saúde é regional e não pode ser usado em uma praia no Nordeste, por exemplo. Independentemente de distância ou duração, as pessoas precisam se conscientizar de que imprevistos acontecem”, afirmou Paulo Marchetti.

Nesta época, com um aumento em todo Brasil de 149% dos casos de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti (dengue, zika e chikungunya), em relação ao mesmo período do ano passado, o seguro viagem é um aliado. Em casos de doenças, o turista pode contratar desde coberturas básicas para as despesas hospitalares, médicas, de medicamento, traslado, e, em casos extremos, como o traslado de corpo.

Em uma simulação, com destino nacional, feita pelo corretor de seguros Mário Paulo
Barrueco, da Uai Corretora, a pedido do Diário de Uberlândia, em 4 dias de viagem, com saída neste sábado (2) e retorno na terça-feira (5), o seguro fica em R$ 31. Com este plano, o contratante tem direito a até R$ 30 mil com despesas médicas, R$ 100 mil por morte acidental e invalidez permanente, R$ 1.500 por extravio de bagagem, R$ 20 mil para traslado de corpo, R$ 5 mil para remarcação de passagem para regresso, entre outros.

Já para uma viagem internacional, no mesmo período, entre o dia 2 e dia 5, o serviço fica em R$ 94,99, com direito até R$ 30 mil com despesas médicas, R$ 100 mil para morte acidental e invalidez permanente, R$ 2.500 para cancelamento, interrupção da viagem, além de U$ 75 mil para traslado de corpo e traslado médico, U$ 500 para despesas com farmácia, US$ 2.500 com pagamento de fiança e U$ 1.500 com despesas jurídicas. “Em viagens em que as pessoas vão praticar esporte, fazer aventura, como escalada, fica mais caro, porque a pessoa se põe em risco. Ela tem que informar antes. É um contrato de boa fé e dependendo do caso, perde a cobertura”. Usar motocicleta também encarece”, disse Mário.










 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »