15/01/2019 às 07h59min - Atualizada em 15/01/2019 às 07h59min

Arrascaeta é apresentado e fala em ‘ganhar tudo’

Meia uruguaio evita comentar ameaças que sofreu por sair do Cruzeiro

FOLHAPRESS
Durante apresentação, De Arrascaeta afirmou que irá retribuir carinho da diretoria do Flamengo | Foto: Marcelo Cortes/Flamengo
O Flamengo apresentou na tarde de ontem o meia De Arrascaeta, maior contratação da história do clube, mas a entrevista coletiva ganhou outros tópicos de relevância. O vice de futebol, Marcos Braz, por exemplo, informou ter desistido oficialmente do zagueiro Dedé e do atacante Bruno Henrique. Ele também negou que o Rubro-Negro tenha aliciado o jogador uruguaio que estava no Cruzeiro.

"O Flamengo, em nenhum momento, aliciou o jogador [Arrascaeta]. Não tivemos nenhum tipo de notificação [de aliciamento] até onde eu tenha conhecimento, então não posso responder o que não tenho dentro do clube oficialmente", declarou Braz, que sobre Dedé, do Cruzeiro, e Bruno Henrique, do Santos, foi enfático: "Saímos da negociação".

Questionado sobre a situação de não ter se reapresentado ao time mineiro em meio às negociações, Arrascaeta deixou claro que tomou a escolha correta.
"Aconteceram algumas coisas. Estou onde deveria. Futebol é isso. Jogador pode sair, ficar... Estou feliz por vestir essa camisa. Hoje meu foco é estar aqui no Flamengo e tentar ganhar tudo. Retribuir o carinho dentro do campo", declarou Arrascaeta.

"Não quero falar muito sobre isso. Houve mensagens de todos os tipos. Defendi sempre meu clube da melhor forma, mas senti que era o momento de ir para outro time, o Flamengo".

Com contrato até 2023 com o Rubro-Negro, De Arrascaeta chegou com otimismo para ser vencedor também pelo Flamengo. "Para mim dá muita confiança [o investimento que o Flamengo fez], porque eles acreditam no meu trabalho. É chegar aqui e demonstrar para eles que estão no caminho certo, sempre com muita humildade e vontade de jogar. Agora é ter novos desafios e chegar aqui para ganhar tudo".
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »