08/01/2019 às 07h48min - Atualizada em 08/01/2019 às 07h48min

Zema exonera Paniago e nomeia servidor

VINÍCIUS LEMOS
O governador Romeu Zema exonerou, no domingo (6), Rosângela Paniago Machado, que ocupava o cargo de superintendente Regional de Saúde em Uberlândia desde fevereiro de 2017. No lugar dela assume o servidor público Alisson Maciel de Faria Marques. A posse é imediata.

A exoneração e a nomeação foram publicadas em uma edição extra do Diário Oficial do Estado de Minas Gerais. Paniago é esposa do ex-prefeito Gilmar Machado e foi secretária de Governo na gestão do marido, entre 2013 e 2016. Ela assumiu superintendência Regional de Saúde (SRS), há cerca de dois anos, ao ser nomeada pelo então governador Fernando Pimentel (PT).

Junto a Alisson Maciel de Faria Marques a publicação nomeou 28 novos superintendentes e gerentes regionais de saúde pelo Estado, inclusive em cidades próximas a Uberlândia, como Uberaba, Patos de Minas, Ituiutaba e Divinópolis.

No fim da última semana, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) estabeleceu prazo até o dia 12 de janeiro para que os dirigentes de todos os órgãos e entidades estaduais enviem a relação de ocupantes de cargos comissionados que serão reconduzidos para suprir eventuais necessidades dentro de cada pasta, seguindo ainda a determinação de enxugamento da máquina pública e de drástica redução de postos ocupados por indicações políticas. A medida também serve para delimitar prazo para quem será readmitido ou desligado definitivamente da estrutura de recrutamento amplo do Estado.

PERFIL

Alisson Maciel de Faria Marques é administrador público e servidor efetivo no Governo de Minas Gerais há 14 anos. Está cedido à Superintendência Regional de Saúde de Uberlândia (SRS Uberlândia) desde 2015, onde atuou como referência técnica no Núcleo de Regulação e como membro suplente das Comissões Intergestores Regional e a Ampliada no Triângulo Norte. 

No nível central da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Marques foi gerente adjunto do Programa Viva Vida, voltado à redução da mortalidade infantil e materna, e referência técnica do Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais (Pro-Hosp). Foi também assessor nas Subsecretarias de Políticas e Ações de Saúde e na de Regulação e Saúde.

Alisson é mestre em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), especialista em Gestão da Clínica na Atenção Primária à Saúde (Senac), de Planejamento Orçamentário e Financeiro do SUS Municipal (PUC-MG) e de Direito Público com ênfase em Direito Sanitário (Escola de Governo de Uberlândia), além de bacharel em Administração Pública (Escola de Governo da Fundação João Pinheiro) e Ciências Contábeis (UFMG).
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »