21/12/2018 às 08h37min - Atualizada em 21/12/2018 às 08h37min

Embaixador ironiza fala de Bolsonaro

FOLHAPRESS
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil
O embaixador francês nos EUA, Gérard Araud, ironizou ontem a declaração do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de que a vida na França havia se tornado "simplesmente insuportável" por causa da imigração.

"63.880 homicídios no Brasil em 2017, 825 na França. Sem comentários", escreveu Araud em uma rede social.

A postagem foi em resposta a fala de Bolsonaro na quarta, durante transmissão ao vivo em seu Facebook, em referência ao pacto global de migração aprovado pela ONU e assinado pelo governo brasileiro. Ele diz que irá rejeitar o documento. Antes, seu futuro chanceler, Ernesto Araújo, já havia dito que o Brasil deixará o pacto.

"Todo mundo sabe o que está acontecendo com a França. Está simplesmente insuportável viver em alguns locais da França. E a tendência é aumentar a intolerância. Os que foram para lá, o povo francês acolheu da melhor maneira possível. Mas vocês sabem da história dessa gente, né? Eles têm algo dentro de si que não abandonam as suas raízes e querem fazer valer a sua cultura, os seus direitos lá de trás, e os seus privilégios", disse o presidente eleito.

"Não somos contra imigrantes, mas, para entrar no Brasil, tem que ter um critério bastante rigoroso. Caso contrário, no que depender de mim, não entrarão", acrescentou.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »