19/12/2018 às 07h51min - Atualizada em 19/12/2018 às 07h51min

Bombeiros lançam Rede Integrada de Emergência

Parceria com empresas e instituições visa redução de riscos de desastres

VINÍCIUS LEMOS
Tenente coronel André Casarim durante a solenidade de lançamento da Rinem | Foto: Vinícius Lemos
O Corpo de Bombeiros e pelo menos 12 empresas e instituições de Uberlândia assinaram na manhã de ontem a adesão à Rede Integrada de Emergência (Rinem), que tem o objetivo de melhorar o atendimento a ocorrências que envolvam emergências industriais ou de grandes proporções no Município. A articulação é para que o cadastro entre empresas e a própria entidade militar melhore a prevenção e também amplie recursos para o atendimento de possíveis chamadas.

A estrutura organizacional será mantida pelas empresas enquanto a parte operacional será dos bombeiros. O Rinem é a primeira iniciativa do tipo em Minas Gerais e fará um levantamento do que as empresas locais mantêm como estrutura brigadista, em termos de pessoal e maquinário, o que poderá ser solicitado em ocorrências na própria empresa ou mesmo em casos de grande complexidade e perigo que envolvam ou não entidades ligadas à Rinem. Ao mesmo tempo, o Corpo de Bombeiros vai ampliar as qualificações ao quadro de segurança dessas empresas.

A iniciativa é do 5º Batalhão de Bombeiros de Minas Gerais e foi idealizada em 2016. No ano seguinte, houve a aproximação da unidade com as empresas, o que viabilizou a implantação do projeto. “A gente viu que há uma experiência no Estado de São Paulo de articulação e mobilização junto a empresas de grandes riscos. Buscamos aplicar o mesmo princípio aqui”, afirmou o capitão dos bombeiros Thiago Duarte, que receberá nos próximos dias a promoção a major na corporação.
Ainda segundo o militar, que está à frente do Rinem, a princípio, a preocupação é com a redução de risco de desastres com medidas preventivas em grandes empreendimentos, como indústrias, centros comerciais e até hospitais. Nesse primeiro momento o foco, segundo capitão Duarte, é evitar desastres ligados a riscos tecnológicos, o que normalmente geram incêndios, e controle de produtos perigosos. “Sobre as qualificações a brigadas, sempre tivemos abertura à sociedade, mas intensificamos desde 2016 para as empresas na estruturação da rede (Rinem), e o que a gente pretende agora é estabelecer prioridades no foco àquelas que ofereçam maior risco”, afirmou.

O novo portfolio é visto pelo comandante do batalhão, tenente coronel André Casarim, como uma ajuda concreta aos trabalhos de segurança de bombeiros, empresariado e população. “Teremos mais condições de trabalho, ajuda e a própria sociedade ganha com isso, já que evita a ampliação de ocorrências comuns, a exemplo de uma série de incêndios que acompanhamos em 2018 em depósitos de materiais recicláveis”, explicou.
 
ESTRUTURA
Associação vai captar recursos para expansão
 
A associação que agrupa as empresas do Rinem tem entre os objetivos captar recursos e depois reaplicá-los na expansão da rede. A presidente da entidade, Valéria Jobim Duran de Souza, disse que o atual período, pós-assinatura de formalização da rede, é de organização da dinâmica de trabalho. Já o passo seguinte é de captação de outros membros interessados. “Onde haja risco em potencial, identificamos técnicas e maneiras de prevenção e se qualquer desastre ocorrer, haverá resposta rápida. Onde há potencial risco de acontecer emergência poderemos integrar as empresas (na associação)”, afirmou. Até mesmo o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia faz parte da rede, tanto na questão de atendimento quanto na prevenção e trabalho de combate em possíveis ocorrências na unidade.

A Fiemg Regional Vale do Paranaíba é uma das apoiadoras da rede e segundo o presidente da instituição, Pedro Spina, a montagem de um grupo colaborativo ajuda na segurança do trabalho de todo o setor produtivo da cidade. “Mais recursos e rapidez nos atendimentos emergenciais no Município”, apontou. A Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (Aciub) também apoia o projeto.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »