24/10/2018 às 07h01min - Atualizada em 24/10/2018 às 07h01min

Uberlândia terá seu 1º Encontro Nacional de Multicolecionismo

Feira reúne cerca de 30 expositores de todo o País e interesse foi tão grande que gerou até lista de espera

IGOR MARTINS*
A balboa panamenha tem esse nome em referência ao conquistador e explorador espanhol, Vasco Núñez de Balboa | Foto: Divulgação
A cidade de Uberlândia recebe pela primeira vez o Encontro Nacional de Multicolecionismo. O evento, que reúne cerca de 30 expositores de todo o País, acontece na sexta-feira (26) e sábado (27), das 10h às 18h, no Hotel San Diego. A entrada é franca.

A realização da primeira edição do encontro nacional de colecionadores em Uberlândia aconteceu graças à Sociedade Numismática Brasileira (SNB). De acordo Francisco Salles, secretário do Clube Filatélico e Numismático de Uberlândia (CFNU), a organização acredita que a região do Triângulo Mineira está pronta para receber um evento como este.

Com uma expectativa muito grande para o evento, Salles, 67, espera “casa cheia” nos dois dias. “Eu e todos os expositores estamos muito animados para este encontro. Tivemos até uma lista de espera de colecionadores”, disse.

Natural de Piracicaba (SP) e radicado em Uberlândia, o paulista brinca que seus dias têm sido muito corridos desde a oficialização do encontro na cidade. “Sempre tem alguém me ligando para pedir informações. Meu telefone não para de tocar”, falou, animado.

O “uberlandino”, como se autoproclama, afirmou que os visitantes podem esperar uma grande variedade de itens colecionáveis, como cédulas, selos, cartões e miniaturas. “Teremos 30 participantes dos mais diversos locais. São oito do estado de São Paulo, quatro do Distrito Federal, três do Paraná, dois de Goiás, um de Santa Catarina, 11 de Minas Gerais e um do Maranhão”, finalizou.

DO MARANHÃO

Nélio Fernandes de Oliveira viajou mais de 1.700 km para a feira que acontece no Hotel San Diego. Nascido em Uberlândia e radicado em Imperatriz (MA), este será o terceiro encontro nacional do mineiro em 2018. “Este ano já participei de encontros em Niterói (RJ), Timbó (SC) e Fortaleza (CE). Depois [do encontro] de Uberlândia, vou participar ainda em Brasília (DF) e São Paulo (SP).

Com uma grande expectativa, o colecionador espera receber muita gente em seu espaço. Oliveira levará ao encontro cerca de 70 quilos de material para comercialização. Segundo ele, várias cédulas de diferentes países serão disponibilizadas para venda. “Eu trouxe réis, a moeda do Império do Brasil, o dólar de prata, moeda que existiu nos Estados Unidos há mais de 100 anos. Ainda disponibilizo a balboa, cédula do Panamá que é muito difícil de encontrar, já que hoje eles utilizam mais o dólar americano”, falou o mineiro.

O colecionador dono da “Farol Alemão Coleções” disponibiliza também a “apsars”, cédula da Abecásia, território localizado na região do Cáucaso e república autônoma no norte da Geórgia. O local se declara independente desde 1993, mas sua independência não é reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU).


Nélio Fernandes levará ao encontro cerca de 70 quilos de material
para comercialização | Foto: Divulgação

SERVIÇO
O QUE: 1º Encontro Nacional de Multicolecionismo
QUANDO: sexta-feira (26) e sábado (27), das 10h às 18h
QUEM: 30 expositores
ONDE: Hotel San Diego (Av. Rondon Pacheco, 3.500, bairro Santa Maria)
ENTRADA FRANCA
INFORMAÇÕES: 3230-9000 e 99971-4387


A moeda “apsars” foi lançada em setembro de 2018 e ela é
comemorativa dos 25 anos da vitória separatista da Abecásia
Foto: Divulgação


*APRIMORAMENTO PROFISSIONAL
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »