10/10/2018 às 09h05min - Atualizada em 10/10/2018 às 09h05min

Dyego Póvoa realiza a primeira exposição solo

ADREANA OLIVEIRA
Dyego Póvoa revela sua arte em “Volumes, densidades e formas" | Foto: Divulgação
Dyego Póvoa é, antes de tudo um observador. Graduado em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e com especialização em Linguagem e Psicanálise, ele também é um adepto da fotografia. E após um longo período compartilhando suas obras entre os amigos pelas redes sociais, ele sentiu que era hora de mostra-las para mais gente.

Até o dia 18 de outubro, os visitantes da Galeria de Artes do Sesc podem conferir as 20 fotos selecionadas por Dyego junto com a curadora Maria Carolina Boaventura na exposição “Volumes, densidades e formas”. “Tenho um acervo enorme de fotos. Foi a professora Iná que comentou que eu deveria fazer uma exposição. Me emprestou livros com textos e poesias sobre fotografia e me instigou a dar início a essa seleção”, contou o fotógrafo que já havia participado de uma exposição coletiva e também atua como curador.

Segundo Dyego, as fotos em si não foram feitas especificamente para a exposição. “A Maria Carolina me ajudou a criar um caminho para a mostra. Ao chegarmos às eleitas percebemos que todas elas tinham latente um dos quatro elementos que compõem praticamente toda a matéria: água, fogo, terra e ar. A partir daí encontramos a temática”, revelou.

Os registros foram demorados. Dyego observava por horas até conseguir a imagem que queria, como a do beija-flor que ilustra esta reportagem. “Fotografia não é algo tão simples ou rápido como muitos podem crer. Requer muita paciência”, disse.


Esta é uma das 20 imagens selecionadas para a exposição e foi um registro que precisou de observação e paciência | Foto: Dyego Póvoa

Para a curadora, as fotos do artista nascido em Araguari – que veio para Uberlândia com apenas três dias de vida -  “nos revelam um mundo ora etéreo, ora denso. Um mundo que se compõe de miscelâneas, que não pretende ser um só, mas sim tudo. Um universo que, ainda que com contornos bem definidos, nos faz transver e explorar a matéria, o elementar, o primeiro: o ar, o fogo, a água e a terra."
 
SERVIÇO
O QUE: Exposição fotográfica “Volumes, densidades e formas”
QUEM: Dyego Póvoa (Curadoria Maria Carolina Boaventura)
QUANDO: até 18 de outubro, de segunda a sexta-feira das 8h às 21h e aos sábados das 8h às 18h
LOCAL: Galeria de Arte do Sesc Uberlândia (Rua Benjamin Constant, 844, Aparecida)
ENTRADA FRANCA
INFORMAÇÕES: 3304-1200
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »