24/08/2018 às 15h16min - Atualizada em 24/08/2018 às 15h16min

Foragido é morto durante troca de tiros com a PM

Criminoso era um dos integrantes do grupo suspeito de explosões a caixas eletrônicos

CAROLINA PORTILHO
Mais de mil miguelitos, que são pregos retorcidos e soldados uns nos outros, foram apreendidos | Foto: Divulgação
Um dos foragidos do grupo suspeito de ter ligação com explosões a caixas eletrônicos foi morto na manhã desta sexta-feira (24) no bairro Shopping Park em Uberlândia. A Polícia Militar (PM) chegou até ele após rastreamentos na área rural conhecida como Ponte de Arame.

De acordo com o comandante da 9ª Região da Polícia Militar (RPM), coronel Cláudio Vitor Rodrigues, o suspeito reagiu com a presença dos militares e na troca de tiros foi atingido. Ele foi encaminhado para o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) e não resistiu aos ferimentos.

Foram cerca de 30 horas de atuação da PM para localizar os seis foragidos da ação realizada na manhã desta quinta-feira (23) quando o grupo pretendia um ataque na cidade de Pirapora, que foi frustrado. Ao retornar para Uberlândia eles furaram um cerco feito pela Polícia Militar que resultou na prisão de um homem e na apreensão de dois carros. O trabalho de inteligência da PM segue em busca dos cinco foragidos.

Ainda segundo o comandante, o homem estava sem documentos e usava roupas apropriadas para uso em mata, como uso de coturno e calças específicas. Nesta sexta foram cumpridos mandados de busca e apreensão em casas de pessoas que têm relação com o grupo criminoso. Foram apreendidos tablets, computadores e celulares.

Na ação desta quinta foram apreendidos mais de mil miguelitos, que são pregos retorcidos e soldados uns nos outros, carregadores de pistola, maçarico, cilindros de oxigênio, pé-de-cabra, marreta e touca ninja, além de sete artefatos explosivos que foram implodidos.

Mais de 100 policiais e 20 viaturas participaram da ação, além de equipes do Comando de Operações em Áreas de Mananciais e Florestas (Comaf) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope), de Belo Horizonte, e do helicóptero da PM do 9º Batalhão de Policiamento Especializado.


Foram cerca de 30 horas de atuação da PM para localizar os foragidos | Foto: Divulgação
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »