17/08/2018 às 08h02min - Atualizada em 17/08/2018 às 08h02min

Brasil é superado no terceiro amistoso

CBV
Seleção Feminina perde terceiro amistoso seguido para os Estados Unidos (Wander Roberto/Inovafoto/CBV)

Com uma atuação superior aos dois primeiros amistosos, a seleção brasileira feminina de vôlei fez uma boa apresentação, na noite de ontem (16.08), apresentou evolução, mas acabou superada mais uma vez pelos Estados Unidos. No terceiro amistoso contra as norte-americanas, a equipe dirigida pelo técnico José Roberto Guimarães venceu os dois primeiros sets, mas sofreu a virada por 3 sets a 2 (25/15, 25/23, 21/25, 23/25 e 15/17) jogando no ginásio do Centro Olímpico da UFTM, em Uberaba (MG).

A série de quatro amistosos servem como preparação para o Campeonato Mundial, que vai ser no Japão, de 29 de setembro a 20 de outubro, e será concluída no próximo sábado (18.08), quando as duas seleções voltarão a se enfrentar, desta vez, no Rio de Janeiro (RJ), em um momento marcante para o voleibol brasileira: a reabertura do Maracanãzinho. 

Nos dois primeiros amistosos, o Brasil havia sido superado por 3 sets a 1 e, depois 3 a 0. Nesta noite, com boa atuação, o grupo verde e amarelo contou com a central Thaísa entre as titulares. Após a partida, a experiente jogadora falou sobre a sua evolução pessoal.

“Ainda tenho muito o que melhorar, estou voltando a pegar ritmo e ainda mais com a dificuldade de enfrentar um time que joga tão rápido. Estou me esforçando bastante, as meninas estão me ajudando e sei que posso fazer mais, mas isso vai acontecer gradativamente, com os treinamentos. Tem que ter um pouco de paciência. Estou tentando fazer o meu melhor e na hora certa vai dar tudo certo”, afirmou Thaísa.

A ponteira Gabi foi a maior pontuadora da seleção brasileira, com 23 acertos. “Começamos com um ritmo muito bom, jogando muito bem taticamente, sacando e defendendo bem, que era algo que o Zé Roberto vinha cobrando, mas deixamos cair do terceiro set em diante, com erros bobos. Foi uma partida melhor do que as anteriores, mas ainda temos muito o que melhorar, especialmente diminuindo os nossos erros”, analisou Gabi.

O técnico José Roberto Guimarães lamentou o resultado negativo, mas destacou a importância de fazer uma partida como essa em uma fase de preparação para uma competição tão forte como o Mundial.

“Conseguimos fazer um primeiro set muito bom. O segundo já emperrou um pouco e depois o pior foi o quarto. Faltou concentração e regularidade e paramos de agredir no saque. Depois, saímos muito atrás no tie break, recuperamos, fizemos 14 a 14 e temos que ressaltar que foi bom. Nós precisávamos de um jogo como esse, de um 3 a 2”, explicou o treinador da seleção brasileira.

O JOGO

O Brasil abriu o placar do jogo com Gabi e Tandara fez 2/0. Com Thaisa, a seleção brasileira chegou a 5/2. Os Estados Unidos contaram com erros da equipe da casa e chegaram ao ponto de empate em 6/6. Com dois bloqueios de Adenízia e dois ataques de Rosamaria, o placar foi a 11/6. Kiraly pediu tempo. Gabi surgiu na pipe e o Brasil chegou a 15/7. Na bola de segunda de Dani Lins, 17/8. Com bom aproveitamento, a seleção verde e amarela chegou a nove de vantagem em 19/10. Com Rosamaria, a equipe da casa marcou 23/14. E, com grande atuação, a seleção de José Roberto Guimarães contou com Tandara para fechar em 25/15.

O Brasil manteve o bom ritmo no segundo set e, com ponto de bloqueio de Adenízia, abriu vantagem de 4/0. Assim como no primeiro set, os Estados Unidos se recuperaram e chegaram ao ponto de empate (5/5). A equipe verde e amarela voltou a ter vantagem, fazendo 9/6. Depois de bom levantamento de Dani Lins, Rosamaria fez 13/9. No ace de Thaísa, 15/10. No erro das adversárias, a seleção brasileira manteve os cinco de diferença: 17/12. O adversário aproximou no placar (15/18) e Zé Roberto pediu tempo. Com bom saque, a seleção norte-americana marcou 18/20. Com dois bloqueios seguidos, empate em 20/20. As brasileiras voltaram a pontuar bem e Tandara fechou em 25/23.

No ace de Dani Lins, o Brasil fez 2/0. Quando o placar apontou 3/1, Kiraly pediu tempo. A parada funcionou e a seleção norte-americana assumiu o comando do set em 5/4. Contando com erros da equipe brasileira, os Estados Unidos marcaram 7/4 e foi a vez de Zé Roberto pedir tempo. As brasileiras se recuperaram e empataram em 8/8. Tandara colocou o Brasil em vantagem novamente (11/10). Thaísa marcou ponto de saque e colocou o Brasil com três de vantagem: 15/12. Pedido de tempo de Kiraly. O set esteve igual em 17/17. No bloqueio, 21/18 para os Estados Unidos. Na sequência, a equipe visitante fez 23/20. No bloqueio, 25/21 para as norte-americanas.

O quarto set começou equilibrado, com o empate em 2/2. Depois de boa defesa de Gabiru, Gabi pontuou no ataque e o Brasil empatou mais uma vez (5/5). Em boa passagem de Dani Lins pelo saque, a seleção brasileira conseguiu abrir vantagem, chegando a 8/5. Rosamaria pontuou e manteve os três de vantagem: 11/8. O set voltou a ficar equilibrado, 12/11 para a equipe verde e amarela. A parcial esteve igual novamente em 16/16. Gabi colocou o Brasil em vantagem (17/16). No erro da adversária, a equipe da casa empatou em 19/19 e mais uma vez com Gabi, desta vez na largada, 20/19. Empate em 21/21. As norte-americanas marcaram 23/22 e 24/22. Gabi fez 23/24, mas os Estados Unidos fecharam em 25/23.

Ao ver que o adversário abriu 3/0 logo no começo do set decisivo, José Roberto Guimarães parou o jogo com pedido de tempo. Na troca de lado, a seleção dos Estados Unidos tinha boa vantagem em 8/4. Quando a equipe visitante marcou mais um (9/4), Zé Roberto pediu tempo. As norte-americanas seguiram bem em quadra e fizeram 11/7. No bloqueio de Thaísa, o Brasil aproximou no placar: 10/12. Os Estados Unidos fizeram 14/12, a seleção brasileira aproximou em 12/14, e, com Tandara, empatou em 14/14. Mas, no final, vitória da equipe visitante por 17/15.

EQUIPES

BRASIL - Dani Lins, Tandara, Adenízia, Thaísa, Rosamaria e Gabi. Líbero – Gabiru 
Entraram – Amanda, Fernanda Tomé, Roberta, Carol
Técnico: José Roberto Guimarães

ESTADOS UNIDOS - Carlini, Lowe, Madi Kingdon, Lee, Adams e Gibbemeyer. Líbero – Benson  
Entraram – Hancock e Drews
Técnico: Karch Kiraly


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »