24/07/2018 às 17h30min - Atualizada em 24/07/2018 às 17h30min

Um aconchego em forma de música

8ª edição do "Jazz Solidário" leva boa música ao Municipal e beneficiará o projeto social Casa Santa Gemma

IGOR MARTINS | REPÓRTER*
Mateus Berbert é uma das atrações do Jazz Solidário (Reprodução Facebook/Divulgação)
O Teatro Municipal recebe amanhã (25), às 20h, a 8ª edição do “Jazz Solidário”. O espetáculo beneficente conta com participações de músicos de Uberlândia e região, e tem como objetivo arrecadar dinheiro para a Casa Santa Gemma, instituição que acolhe moradores de rua e que sobrevive graças a doações da comunidade.

O saxofonista Jack Albernaz, um dos idealizadores e organizadores do projeto, falou sobre a expectativa para mais uma edição do show, que tem ganhado cada vez mais visibilidade e ajuda por parte do público. De acordo com ele, grande parte dos ingressos já foram vendidos antecipadamente.

“A expectativa é a melhor. As vendas estão excelentes, já vendemos uma grande quantidade de ingressos, a expectativa para este ano, felizmente, é de casa cheia”, disse o uberlandense.
A edição atual do “Jazz Solidário” conta com apresentações de artistas já conhecidos no cenário musical uberlandense. Maurício Winckler, Jack Will, Arnaldo Terra, Tim Fernandes, Mateus Berbert e Cesar Monteiro são alguns dos nomes que agitarão o público no Teatro Municipal.

Além do jazz, serão contemplados também estilos variados, como o MPB e blues. De acordo com Albernaz, as apresentações serão muito interessantes, uma vez que vários músicos tocarão juntos pela primeira vez. “Na hora, nós fazemos uma formação de alguma banda, tocamos arranjos juntos. Todos estes músicos têm muita bagagem. Será muito bacana”, finalizou Jack.

A Casa Santa Gemma foi inaugurada em março de 2003 por Sílvio Expedito Cardoso (Ditão) e Jefferson Albernaz (Jack), que há muito tempo já se incomodavam com a situação dos moradores de rua da cidade. Por isso resolveram agir. 

*APRIMORAMENTO PROFISSIONAL
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »