21/06/2018 às 09h38min - Atualizada em 21/06/2018 às 09h38min

Município define empresa que construirá terminal

Obras estão avaliadas em R$ 5,4 milhões e podem levar 12 meses

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
A obra será erguida em um terreno na avenida Aspirante Mega (Walace)
A Prefeitura de Uberlândia escolheu a empresa que vai executar as obras de construção do Terminal Dona Zulmira, na zona oeste. A homologação foi publicada no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (18). A empresa escolhida foi a Sigma Engenharia e Construção Ltda, que apresentou proposta de R$ 5,4 milhões para a construção do terminal do transporte público.
O ato de homologação e adjudicação foi assinado pelo secretário de Obras do Município, Norberto Nunes, e informa que a empresa escolhida terá que fornecer mão de obra, materiais e equipamentos, como é de praxe. A escolha foi feita por meio de licitação e a empreiteira venceu o certame por ter proposta mais vantajosa para o Município, de acordo com julgamento da Comissão Permanente de Licitações, que analisou cinco empresas interessadas e habilitadas.
O Diário de Uberlândia procurou a Prefeitura para saber questões como prazos e início da execução, mas foi informado que o processo está sob a análise da Caixa Econômica Federal, que vai financiar a obra. Só após essa apreciação é que cronogramas e projetos serão liberados.

LOCALIZAÇÃO

Ainda em janeiro deste ano foi lançado o edital de licitação para construção do terminal de ônibus Dona Zulmira. A obra será erguida em um terreno na avenida Aspirante Mega, na esquina com a avenida José Fonseca e Silva, no bairro Jardim Patrícia. O prazo previsto no texto do edital para construção era de 12 meses a partir da assinatura da ordem de serviços.
O terminal Dona Zulmira faz parte do projeto de expansão do Sistema Integrado de Transportes (SIT), por meio do sistema BRT, que tem como previsão a construção de quatro novos terminais e cinco corredores de ônibus.

NOVO MUNDO

O Terminal Novo Mundo continua sem previsão para início de funcionamento, assim como o corredor de ônibus da avenida Segismundo Pereira. Questionado sobre a questão, o assessor da secretaria de Trânsito e Transportes, Divonei Gonçalves, afirmou que na próxima semana poderá haver novidades acerca das obras na zona leste da cidade.
Em junho, tanto o terminal, quanto o corredor completam três anos desde que suas obras foram iniciadas. O projeto inclui 11 estações de embarque e desembarque ao longo dos 4,5 km de extensão da avenida Segismundo Pereira, além do Terminal Novo Mundo.
Apesar da previsão de entrega para abril de 2016, a data acabou prorrogada por diversas vezes. Toda a obra tem valor de contrato de R$ 26,77 milhões.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »